Cursos para formação de professores ficarão mais longos

A formação dos professores no Brasil vai ficar mais longa e passar a ter maior foco na prática. A decisão partiu de resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) e foi homologada pelo Ministério da Educação (MEC). Dessa maneira, cursos de licenciatura, para a formação de professores, passam da atual duração de três para quatro anos, ou 3,2 mil horas. Dessa carga horária, 800 horas – o equivalente a um quarto do curso –, devem ser voltadas para a prática pedagógica. 

A prática pedagógica deve, obrigatoriamente, ser acompanhada por um professor da instituição formadora e por um professor experiente da escola onde o estudante a realiza. 

A formação dos futuros professores também terá um maior foco na chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define o mínimo que deverá ser aprendido pelos estudantes de todo o país no ensino infantil, fundamental e médio. 

Curso de Licenciatura

Se a formação de professor é um dos cursos que você pretende fazer, o Educa Mais Brasil tem bolsas de estudo em todo o país. O programa já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes em todo país. Através dele, você pode conseguir bolsas de estudo de até 70%. Acesse o site do programa e confira todas as oportunidades disponíveis na sua região.

VEJA TAMBÉM
Campanha ‘Nosso Natal Educa’ entrega kits escolares a crianças e adolescentes carentes

Fonte: Agência Educa Mais Brasil