“Em nosso país, os muçulmanos gozam dos mesmos direitos que qualquer cristão, porém, a contrapartida em grande parte da África e Oriente médio não acontece”, diz a Nota

O grupo extremista Província do Estado Islâmico na África Ocidental (ISWAP) divulgou na quinta-feira (26) – um dia após o Natal – um vídeo mostrando 11 reféns cristãos sendo decapitados por terroristas. As imagens – sem áudio e com legendas em árabe – foram postadas no canal de notícias online da facção no Telegram.

+ Bancada Evangélica repudia vandalismo em templo da Sara Nossa Terra

As mortes ocorreram após os reféns pediram, em um vídeo anterior, a negociação de libertação junto à Associação Cristã da Nigéria (CAN). Segundo a mídia local, o ISWAP ainda poupou a vida dos dois muçulmanos.

Em nota, a Frente Parlamentar Evangélica repudiou a cristofobia.

NOTA DE REPÚDIO PELA MORTE DE CRISTÃOS NA NIGÉRIA. Recebemos com muito pesar informações de mais um massacre…

Posted by Frente Parlamentar Evangélica on Saturday, December 28, 2019