Redação JM Notícia

O deputado estadual Eduardo Siqueira Campos usou suas redes sociais para revelar que está enfrentando a depressão e a síndrome do pânico, doenças cada vez mais comum entre os brasileiros.

“Admitir a depressão, o pânico, isolamento e transtornos é o primeiro passo. Compreensão e solidariedade ajudam muito! Estou enfrentando!”, escreveu ele em uma foto que aparece mais magro.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país da América Latina com o maior número de pessoas depressivas: são 12 milhões de brasileiros que enfrentam a doença.

A síndrome do pânico, ligada à ansiedade, entre outros problemas de saúde mental precisam ser tratados como enfermidade, precisando de acompanhamento psiquiátrico e terapia.

“O ser humano tende a negligenciar esses cuidados, por falta de informação e medo do estigma do diagnóstico associado aos transtornos de Saúde Mental”, diz a psicóloga Rachel Righini, do IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer).

A profissional diz também que os pacientes precisam procurar ter ações rotineiras que também ajudam no processo de tratamento. “Devemos cultivar ações prazerosas como atividade física, convívio com pessoas que tenha afinidade, momentos de lazer e diversão”, complementa Rachel através de sua assessoria de imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here