“A BRK não pode despejar dejetos de forma irregular. Os laudos comprovam o crime ambiental e queremos justiça”, defendeu. 

A deputada estadual Vanda Monteiro (PSL) usou a fala durante a sessão desta terça-feira, 11, para cobrar a punição da BRK Ambiental sobre o caso de poluição no Lago e córregos de Palmas. A parlamentar parabenizou a Polícia civil por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Conflitos agrários (Demag) por conduzir as investigações. 

A parlamentar defendeu que a Assembleia Legislativa continue o trabalho de fiscalização e defesa do cidadão. “A BRK não pode despejar dejetos de forma irregular. Os laudos comprovam o crime ambiental e queremos justiça”, defendeu. 

Lago apresenta mancha verde e forte odor. Polícia civil aponta poluição da água.Crédito da foto: Flávia Samylla

Ainda durante a sessão, Vanda Monteiro apresentou um projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade da publicação  dos resultados da análise de qualidade da água realizadas pelas empresas que atuam no Tocantins.

Para a parlamentar, o sistema de abastecimento de água no Estado precisa de um olhar especial e o consumidor deve ser assegurado.

“Estamos em meio a denúncias de poluição do lago de Palmas e córregos. Precisamos garantir que nossos consumidores tenham a certeza de estar recebendo água de qualidade. O acesso a esses resultados é um direito”, justificou.

VEJA TAMBÉM
"Um ano de conquistas", avalia deputada estadual Vanda Monteiro

O projeto foi apresentado em regime de urgência.