Redação JM Notícia

O deputado João Campos

Segundo o procurador da República Hélio Telho, do Ministério Público de Goiás, o deputado federal João Campos (PRB-GO) estaria na lista do presidente Jair Bolsonaro para se tornar um ministro do Supremo Tribunal Federal.

“Corre a boca miúda que influentes lideranças evangélicas próximas ao presidente @jairbolsonaro dão como certo que o deputado @joaocamposdep (Republicanos/GO), que é ‘terrivelmente evangélico’ e goza da simpatia do Presidente, será o indicado para a vaga de Celso de Mello no STF”, escreveu o procurador no Twitter.

Bolsonaro deve indicar um nome para substituir o ministro Celso de Mello que irá se aposentar no mês de novembro deste ano. Como o presidente já afirmou que queria indicar alguém “terrivelmente evangélico”, o nome de Campos foi levando. Ele é pastor evangélico ligado à Assembleia de Deus.

Formado em Direito pela Universidade Católica de Goiás e tem especializações em Direito Penal, Processual Penal, Constitucional e Administrativo, João Campos entrou para a política em 2002 quando foi eleito a deputado federal.

VEJA TAMBÉM
Supremo só analisará ações sobre lei anti-homofobia do DF após recesso