Parlamentar diz que Frente visa debater o problema da falta de moradia e regularização no Município de Palmas, e buscar soluções juntos aos órgãos do Estado. Foto: Divulgação

Durante a sessão desta quarta-feira, 12, o Vereador Erivelton Santos (PV), apresentou três requerimentos ao Plenário da Câmara Municipal.

No primeiro Requerimento o Vereador solicitou a instalação da Frente Parlamentar em Defesa da Moradia e Regularização Fundiária no Município de Palmas, que segundo prevê, terá a finalidade de contribuir para o aprofundamento do debate, da formação e da implementação de políticas públicas que promovam a moradia e a regularização fundiária no Município de Palmas.

+ Erivelton Santos toma posse na Câmara de Palmas no lugar de Hélio Santana

Ainda segundo o autor, a Frente Parlamentar em Defesa da Moradia e Regularização Fundiária visa debater o problema da falta de moradia e regularização no Município de Palmas, e buscar soluções juntos aos órgãos do estado, advertindo que, conforme dados de 2019 da Secretaria Municipal da Habitação, o atual déficit habitacional em Palmas ultrapassa 14.368 moradias, sendo que 10 convênios para construção de moradias populares na capital estão com obras paralisadas, o que agiganta a vulnerabilidade social de milhares de famílias que vivem nessa realidade.

VEJA TAMBÉM
Vereador Erivelton Santos visita estação de tratamento do Bertaville em Palmas

Outro Requerimento apresentado pelo Parlamentar foi para que a BRK Ambiental, apresente em Regime de Urgência, informações sobre a possível contaminação da água no Ribeirão Taquaruçu.

O Requerimento à BRK, segundo Erivelton, visa adotar providências para que seja disponibilizado à Câmara Municipal de Palmas informações sobre as denúncias de contaminação das águas do Ribeirão Taquaruçu (córrego que abastece o Distrito de Taquaruçu e região central de Palmas), comprometendo a qualidade da água e do meio ambiente, logo potencialmente nociva tanto à saúde pública quanto ao meio ambiente, além do flagrante risco de inviabilização da captação de água e do potencial danoso à saúde da população ribeirinha.

No terceiro Requerimento, também dirigido à BRK Ambiental em Regime de Urgência, Erivelton cobra informações sobre vazamento de esgoto em uma área de mata próximo da avenida NS-15, na região norte de Palmas (Parque Sussuapara). O Vereador advertiu que, se confirmadas as denúncias, a situação configura grave lesão ao meio ambiente e afeta, consequentemente, a qualidade da água e a saúde pública.