Flamengo inicia 2020 garantindo a Supercopa

Para muitos atletas, o tempo de repouso e descanso pode ocasionar a perda da constância, do ritmo e até do desempenho nas competições iniciais. Mas isso não aconteceu com o Flamengo neste domingo, quando disputou a Supercopa enfrentando o Athlético-PR, no Estádio Mané Garrincha.

O time de Jorge Jesus voltou a apresentar, com confiança, o futebol que rendeu muitos elogios e títulos em 2019 e garantiu a taça inédita com o placar de 3 a 0. O trio de peso composto por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol voltou a brilhar e a balançar a rede dos seus oponentes. Com um gol de cada, o Rubro-negro garante a taça que até o momento só teria sido conquistada pelo Grêmio e Corinthians.

Durante a partida só deu Flamengo. O time controlou os 90 minutos da partida e não se rendeu nem ao calor de Brasília, nem as modificações feitas pelo técnico Dorival Júnior. Com defesa alinhada e posse de bola, o campeão demonstrou que o mantra ‘outro patamar’, utilizado pela torcida, vai perdurar durante o ano de 2020 e que os adversários precisarão trabalhar bastante.  

VEJA TAMBÉM
"Se Deus muda nossos planos, é porque algo vai melhorar", declara Keylor Navas

Supercopa X Super Bowl

Além da performance do Flamengo em campo, o show que antecedeu a partida também gerou diversas opiniões e comentários nas redes sociais. Muitos ironizaram comparando a Supercopa com o famoso Super Bowl, dos Estados Unidos. O campeonato americano é conhecido pelos shows espetaculares de grandes artistas que acontecem na abertura.

Aqui no Brasil, a dupla Maiara e Maraisa se apresentaram e arrancaram muitos elogios de seus fãs e admiradores do estilo sertanejo. Já outros criticaram a qualidade do som, da sonoplastia e até das roupas das cantoras.

A apresentação da dupla foi comparada a das cantoras Shakira e J. Lo no último Super Bowl. Alguns internautas elevaram o ego das brasileiras dizendo que tanto elas, quanto o repertório era bem melhor que as estrelas internacionais da música pop.