O evento ocorreu no auditório do Palácio Araguaia.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, Antonio Andrade (PTB), e os deputados Ricardo Ayres (PSB), Amélio Caires (SD), Jair Farias (MDB), Valdemar Júnior (MDB), Issan Saado (PV), Vanda Monteiro (PSL), Jorge Frederico (MDB), Júnior Geo (PROS), Fabion Gomes (PL), Luana Ribeiro (PSDB), Léo Barbosa (SD) e Valderez Castelo Branco (PP), participaram na tarde desta terça-feira, 18, da cerimônia em comemoração aos 30 anos da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

+ Poluição em Lago de Palmas é alvo de requerimentos na Assembleia Legislativa

O evento ocorreu no auditório do Palácio Araguaia.

A cerimônia foi marcada pela entrega do diploma de Doutor Honoris Causa, a mais alta honraria de uma universidade, ao representante do ex-governador Siqueira Campos, o também ex-governador Raimundo Nonato Pires dos Santos, lançamento do selo comemorativo dos 30 anos da Unitins pelo Correios e entrega de certificados de reconhecimento ao governador Mauro Carlesse, primeira reitora da Unitins, professora doutora Maria do Rosário Cassimiro e servidores pioneiros da instituição.

VEJA TAMBÉM
Deputados começam a discutir futuro do Estado com sociedade

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Assembleia elogiou a iniciativa do criador do Estado do Tocantins, e seu primeiro governador, Siqueira Campos, em criar a Universidade do Tocantins, assim como sua primeira reitora, a professora doutora Maria do Rosário, e o quadro profissional pioneiro que se desdobraram para que hoje, aos 30 anos, a Universidade do Tocantins tenha uma história de sucesso. Antonio Andrade encerrou seu
discurso dizendo que “A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”.

No decorrer do evento o governador Mauro Carlesse assinou os decretos de renovação de reconhecimento dos cursos da Unitins de Engenharia Agronômica, Direito, Sistemas da Informação e Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa, Língua Espanhola e suas respectivas literaturas.

História

Criada em fevereiro de 1990, a Unitins já formou mais de 90 mil profissionais, possui campus em Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso do Tocantins, recebe 2.500 novos alunos por ano e tem 250 professores em quadro docente, sendo 70 por cento deles com mestrado e doutorado.