Redação JM Notícia

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, participa de audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, confirmou presença na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), que será realizada de 5 a 9 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas/TO, e que tem como tema o Cerrado Sustentável. O convite foi feito pessoalmente à ministra na noite desta quarta-feira, 19, pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Estado, César Halum. “Ano passado fiz o compromisso de ir, mas uma viagem internacional me impediu de estar presente. Estou com essa dívida com vocês e agora, em 2020, estarei presente”, disse Tereza.

Na oportunidade, o secretário César juntamente com o vice-governador Wanderlei Barbosa, o senador Eduardo Gomes, o deputado federal Carlos Henrique Gaguim, o deputado Ricardo Ayres, e o diretor da Embrapa e Aquicultura, Alexandre Freitas, solicitaram a manutenção da excepcionalidade para produção de sementes de soja na Lagoa da Confusão durante o vazio sanitário.

“O Tocantins possui uma autorização de excepcionalidade para produção de sementes de soja durante o vazio sanitário em Lagoa da Confusão e outros municípios. Por isso, somos o único estado do país que pode produzir sementes e as vendemos para oito estados brasileiros” informou o secretário, esclarecendo que atualmente existe uma “guerra comercial” querendo impedir que o Tocantins permaneça com essa excepcionalidade. 

VEJA TAMBÉM
Falha no Cloudflare causa instabilidade na internet brasileira

Durante a reunião com a ministra Tereza, o secretário reforçou que o Tocantins possui toda segurança técnica e sanitária necessária para assegurar a continuidade da autorização. “Apresentamos todos os relatórios e documentos necessários, e a ministra nos garantiu que a decisão será tomada tecnicamente, seguindo as normas e critérios do Ministério da Agricultura, o que nos tranquiliza”, detalhou Halum.