Vereador Erivelton apresenta sugestões para a saúde da Capital

Em sessão realizada no último dia 20, quando ocorreu a prestação de contas da saúde, o vereador Erivelton Santos (PV) usou a tribuna para relatar algumas solicitações da população sobre os serviços da saúde municipal, os quais serão apresentados como requerimentos ao Executivo Municipal.

Já no início de seu pronunciamento, o Vereador se solidarizou com os profissionais do quadro da saúde que recebem cerca de 40% a menos que o quadro geral e pedem equiparação salarial. Categoria como assistentes sociais, odontólogos, biólogos, biomédicos, veterinários, psicólogos, químicos sanitaristas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, educadores físicos, nutricionista e outros. “Precisamos debater com a gestão esta pauta importante destes valorosos servidores da saúde que carregam a saúde pública de Palmas”, destacou.

Outro ponto observado pelo Parlamentar foi acerca da falta de estrutura de transporte dos servidores da saúde que trabalham com saúde mental, das mulheres e dos idosos nas Unidades de Saúde, devido às grandes distâncias, os servidores estão se deslocando em seus próprios veículos. Taquari é um exemplo disto, onde existe um público de 20 mil pessoas e somente uma unidade de atendimento. Os profissionais sofrem com a ausência de veículos e motoristas para realizarem seus atendimentos.

VEJA TAMBÉM
IEL oferece 12 vagas de estágio remunerado em Araguaína e Palmas

O Parlamentar também expôs uma demanda recebida de moradores de Taquaralto que diz respeito a falta de estrutura em um laboratório que presta serviço ao município de Palmas, o mesmo não comporta os usuários do SUS em seu prédio e os moradores fazem fila do lado de fora. Erivelton sugeriu que a Prefeitura converse com os proprietários do laboratório e que viabilizem um local mais adequado para atendimento ao público, que ofereça o mínimo de conforto possível.

O Vereador sugeriu ao Município, a criação de um aplicativo para o agendamento de consultas, nos moldes do existente em Goiânia, afim de evitar filas nas UBS e dar celeridade a este atendimento. Outra sugestão apresentada, foi a centralização de realização de exames diversos em um só prédio, para evitar o deslocamento excessivo da população.

Erivelton concluiu lembrando da emenda que buscou junto ao senador Irajá Abreu para a construção de uma unidade de saúde, a qual será construída no Taquari. “Aqui está um vereador que acredita no SUS, aposto nessa bandeira. Contem comigo”, finalizou.