Redação JM Notícia

Os clientes da BRK Ambiental de Palmas estão recebendo um aviso de que a emissão das tarifas mensais de água está suspensa por conta da lei que reduz a taxa de esgoto.

O comunicado diz que o município promoveu um desconto que descumpre a tarifa única cobrada em todo o estado e por isso iria avaliar os impactos nos serviços.

“Diante da lei que reduziu pela metade e unilateralmente a tarifa de esgoto em Palmas, a BRK Ambiental suspendeu temporariamente a cobrança pelos serviços de esgoto em Palmas, até que seja possível avaliar os impactos deste ato na continuidade da prestação dos serviços e investimentos a serem realizados pela empresa no Estado. A empresa esclarece ainda que todas as decisões adotadas prezam pelo menor impacto aos clientes”, afirmou a empresa.

A lei foi sancionada pela prefeita em janeiro, por isso a Ambiental decidiu suspender a cobrança do serviço de esgotamento sanitário.

A empresa chegou a pedir na Justiça para suspender a lei, mas o pedido foi negado. Agora a BRK aguarda a decisão de um segundo pedido, dessa vez que considere a lei inconstitucional.