Governador Mauro Carlesse destacou que o Estado está seguindo protocolos orientados pelo Ministério da Saúde e que a Secretaria de Estado da Saúde está preparada para lidar com a situação

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, reuniu na tarde desta quinta-feira, 12, no Palácio Araguaia, em Palmas, representantes dos Poderes do Estado, órgãos públicos e entidades da sociedade civil para a implantação do Gabinete de Crise, visando ações preventivas do vírus Covid-19, popularmente conhecido como novo coronavírus.

De acordo com o governador Mauro Carlesse, até esta quinta-feira, 12, o Tocantins não contava com nenhum caso suspeito do novo coronavírus. Ele destacou que o Estado está seguindo protocolos orientados pelo Ministério da Saúde e que a Secretaria de Estado da Saúde está preparada para lidar com a situação.

“Desde as primeiras notícias sobre a propagação do coronavírus, a equipe do Governo já começou a se preparar para estabelecer os procedimentos necessários para cuidar dos pacientes e acompanhar os casos suspeitos. A implantação deste Gabinete de Crise, com os representantes de outros órgãos e poderes é mais uma ação no sentido de debater, trocar experiências e ouvir o que cada ente pode colaborar para que os efeitos do Covid-19 sobre a população do Tocantins seja o menos impactante possível”, garantiu o governador Mauro Carlesse.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, afirmou em sua fala que não é momento de alarde, nem de propagar notícias falsas. “O Tocantins foi o quinto Estado do país a apresentar o seu Plano de Contingenciamento referente ao Covid-19 no Ministério da Saúde e no Conselho Nacional de Secretários de Saúde, sendo aprovado sem nenhuma ressalva”.

“Hoje, o Ministério da Saúde acabou de confirmar que nos próximos 14 dias, o Brasil contará com dois mil casos de coronavírus. Esperamos contar com o apoio de todos, para que possamos abrandar os efeitos dessa situação”, complementou o secretário Edgar Tollini.

Representando o presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins (AL/TO), Antônio Andrade, a deputada estadual Valderez Castelo Branco afirmou que a Casa de Leis se coloca como uma parceira do Estado na prevenção ao Covid-19. “Temos que agradecer a Deus pelo fato do Tocantins ser um dos três estados que ainda não tem nenhum caso confirmado, nem suspeito. Então, temos que trabalhar para que não haja nenhum caso positivo, mas se isso vier a acontecer, precisamos estar preparados para cuidar e atender esses pacientes. Colocamos a TV Assembleia e toda a nossa estrutura para ajudar o Estado”.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF/TO), Hallison Melo, disse que os policiais estão orientados a monitorar sintomas.  “O Tocantins faz divisas com vários estados do país e também possui rodovias importantes que interligam o Sul ao Norte do Brasil. Por isso, é importante o trabalho que a PRF está fazendo de monitorar possíveis casos que estejam adentrando ao Estado”, afirmou.

Ao final da reunião, os participantes assinaram o Protocolo de Adesão ao Comitê de Crise para Prevenção do Vírus Covid-19, novo coronavírus.

Imprensa

Em sua fala, o secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes, destacou a importância do papel da imprensa tocantinense para informar corretamente a população. De acordo com o gestor, os veículos de comunicação foram bastante eficientes no seu trabalho de noticiar os fatos quando houve a suspeita de que pacientes no Estado, estavam infectados pelo Covid-19.

“Foi um trabalho que contou com a participação decisiva da imprensa profissional do Tocantins como uma prestação de serviço de excelente qualidade. Neste momento é importante que a população do Estado possa contar com esses veículos para que tenham acesso a informações corretas sobre essa pandemia”, concluiu.

Novo Coronavírus

Coronavírus é o nome de uma grande família de vírus com uma estrutura em formato de coroa, conhecida desde 1960. Eles causam infecções respiratórias e já provocaram outras doenças como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ela foi descoberta no final de dezembro de 2019, na China. Nessa quarta-feira, 11, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia de coronavírus.

Até hoje, o Ministério da Saúde já contabilizou 60 casos no Brasil, segundo balanço contabilizado na manhã desta quinta-feira, 12.

Presenças

Além do governador Mauro Carlesse, estiveram presentes na reunião também os secretários de Estado da Fazenda e Planejamento, Sandro Armando; Executiva da Governadoria, Divino Allan; da Comunicação, Elcio Mendes; da Administração, Bruno Barreto; de Assuntos Parlamentares, José Humberto Marquez Pereira; o comandante-geral da Casa Militar, coronel Silva Neto; o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Jaizon Veras; o chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Rômulo Júnior; a deputada estadual Valderez Castelo Branco; o diretor-geral do Tribunal de Justiça (TJ/TO), Jonas Demóstenes Ramos; a procuradora-geral do Ministério Público Estadual (MPE), Maria Cotinha; o defensor público-geral da Defensoria Pública (DPE/TO), Fábio Monteiro dos Santos; o conselheiro-geral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins (OAB/TO), Alessandro Canedo; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF/TO), Hallison Melo; e o delegado Regional da Polícia Federal (PF), Marcílio Manfre Afonso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here