Vereador Rogério Santos solicita que a prefeitura continue servindo o almoço para alunos das escolas municipais

O vereador Rogério Santos, solicitou que à Prefeitura de Palmas, juntamente com a Secretária de Educação elabore um plano de alimentação para atender às famílias que necessitam das refeições oferecidas pelo município nas escola da capital.

De acordo com a assessoria do vereador, a sua intenção não é incentivar a aglomeração de pessoas, mas sim oferecer alimentação para várias crianças que dependem dela. As mães que possuem filhos matriculados na rede municipal, procuraram o vereador para pedir ajuda e solicitaram esclarecimentos a cerca do fornecimento de alimentos, pois muitas estão sem trabalho e, por consequência, sem dinheiro para levar o alimento para suas casas.

A exemplo dessa medida, cidades como o Rio de Janeiro e Cuiabá, mantiveram às escolas abertas no horário das 11h às 13h para o fornecimento da merenda, esses municípios traçaram um plano de entrega dessa alimentação e, até o momento, nenhuma norma de segurança foi violada.

Segundo a Lei Federal 11.947 de 16 de junho de 2009, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do programa dinheiro direto na escola, a alimentação escolar é direito dos alunos das escolas públicas, por esse motivo foi solicitado que não privem essas crianças do seu direito à alimentação, determinado também na Constituição Federal/88, que garante atendimento aos estudantes, em todas as etapas da educação, inclusive na alimentação.

VEJA TAMBÉM
Mais de 20 mil pessoas estão na lista de espera por casas populares em Palmas