Cantora Bárbara Amorim após recuperação. Foto: Instagram

A cantora Bárbara Amorim foi uma das primeiras vítimas que confirmou positivo para o COVID -19 em São Paulo. Ao apresentar febre, dor no corpo e uma intensa dor de cabeça, o médico solicitou os exames e a dispensou para aguardar o resultado em casa. Após 48 horas os sintomas se agravaram e retornou ao hospital onde foi confirmado o contágio pelo vírus e imediatamente foi internada na UTI, cumprindo o protocolo. Depois de dois dias recebeu alta para completar o tratamento em sua residência na capital paulista.

No primeiro dia em casa as dores ficaram mais intensas e apresentou novos sintomas como: fadiga, diarreia, dor abdominal além da falta de apetite, enjoos e perda do paladar. Com uma Tomografia confirmando o comprometido de mais de 30% do seu pulmão e uma evolução nos sintomas, a equipe médica solicitou mais uma internação, que durou quatro dias. Em sua conta no Instagram Bárbara fez o seguinte post:

Bárbara Amorim segue isolada em casa com seu esposo Marcio Ponço, quem também confirmou positivo para o vírus. O estado deles é estável apresentando melhoras cada dia.