O apóstolo Valdomiro Santiago, líder Igreja Mundial do Poder de Deus, questionou as medidas de restrição de aglomeração impostas pelos estados como medida de prevenção à proliferação da Covid-19 e mandou uma “mensagem” especial às autoridades baianas, na qual afirma que irá respeitar a medida porque é “a obediência é bíblica e não por medo”.

+ Valdemiro Santiago pede que 70 mil pessoas doem R$ 100,00 cada em novo propósito

Em velada referência ao governador Rui Costa (PT), Valdemiro disse em vídeo: “Eu vou obedecer porque é lei, é decreto. Você, autoridade aí da Bahia que gravou vídeo e está aí dizendo que vai usar a força policial, a força da lei, de decreto. Eu vou prender pastor, eu vou algemar pastor. Você não é nada também”, afirmou. E continuou: “Cuidado, hein. Não é comigo não. Cuidado com o corona (sic). Ele está batendo na sua porta. Você é valentão. E por que você tem que ameaçar pastor? Você está aí escondido dentro da sua casa com uma máscara. Eu não estou não. Não vem me ameaçar porque eu não medo de você. Não vou bater cabeça para você”.

VEJA TAMBÉM
Apóstolo Valdemiro Santiago se declara à neta pelo aniversário

“Você bate cabeça para demônio aí na Bahia que eu sei. Você não é lei. Eu vou acatar porque é bíblico. Não vou acatar ordem sua por sua causa porque eu não tenho medo de você, nem do seu partido nem de suas leis”, completa. 

Desde a semana passada está em vigor o decreto estadual que proíbe ações de qualquer designação que promova a reunião de mais de 50 pessoas. A medida é estendida, inclusive, ás manifestações religiosas de todas as denominações. A fiscalização dos cumprimento desta e de outras medidas está sendo feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur). A Polícia Militar também está imbuída do cumprimento dos decretos municipal e estadual. 

Assista:

  (Com Bahia Notícias)