O vereador palmense Milton Neris (PDT) inovou na apresentação de um Projeto de Lei, nesta quinta-feira, 02, na Câmara Municipal, que propõe uma redução de 50% do subsídio da prefeita, do vice-prefeito, secretários e parlamentares, enquanto durar a situação de calamidade pública.

“Precisamos agir de forma gradual e organizada. Estamos vivendo um momento difícil em nossa cidade. Essa proposição é indispensável para proporcionar aos cidadãos palmenses uma garantia de que ninguém passará fome e nem necessidade básica durante este período”, explicou.

Em vídeo divulgado nas redes sociais o vereador solicitou o apoio dos demais pares para aprovação do Projeto o mais rápido possível. 

Um dos parlamentares da Casa já se manifestou em favor do PL. “Essa é uma tendência nacional que precisamos acompanhar tendo em vista que o momento é de enfrentar a disseminação do coronavírus e destinar recursos para cuidar do povo de Palmas”, afirmou Moisemar Marinho (PDT).

É importante ressaltar que os demais servidores públicos não serão impactados com o Projeto, pois a propositura é somente para cargos eletivos, chefe do Poder Executivo e primeiro escalão da Prefeitura municipal“, esclareceu o autor da proposta.  

VEJA TAMBÉM
Encerramento do congresso UMADEP é marcado por renovações espirituais em Palmas

CRÍTICAS

No Twitter, a prefeita Cinthia Ribeiro alfinetou o vereador e chamou a proposta de hipocrisia.

Nem os vereadores podem mexer em seus proventos. Sem contar o vício de iniciativa do projeto. Não podemos induzir a população ao erro com proposta recheada de oportunismo“, escreveu ainda mais a prefeita em resposta a internautas.