Brasília: Prédio da Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal vai lançar um aplicativo para começar a cadastrar e identificar os trabalhadores que têm direito a receber o auxílio emergencial de R$ 600, que ficou mais conhecido como ‘coronavoucher’. O aplicativo deve ser lançado nas plataformas digitais a partir de terça-feira (7).

O novo sistema irá identificar os trabalhadores que não estão em nenhuma outra base do governo, como o Cadastro Único (CadÚnico) e o Bolsa Família — aqueles que recebem o benefício não precisam fazer o novo registro.

+ Caixa vai lançar conta digital para repasse dos R$ 600 do “coronavoucher”; saiba mais

Na Play Store, o aplicativo do Cadastro Único (CadÚnico) tornou-se o mais baixado em meio ao anúncio das medidas econômicas para minimizar o impacto do coronavírus.

Conta digital

Além do aplicativo que deve ser lançado pela Caixa, o banco ainda deve disponibilizar uma conta poupança digital. O benefício emergencial poderá ser creditado nessa conta e, em seguida, ser transferido para o banco de preferência.

O calendário do pagamento do ‘coronavoucher’ ainda será detalhado nos próximos dias.