O pastor Gilberto Marques, presidente da Convenção COMIEADEPA (Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas no Estado do Pará), divulgou vídeo se posicionando favorável quanto à decisão do Governo do Pará que, em decreto, proibiu cultos religiosos pelos próximos 15 dias no estado.

“Nosso governador ele é um amigo da igreja”, disse o líder, explicando aos fieis que a decisão do governador é para o bem de todos.

Assista:

Entenda

O Governo do Estado do Pará, informou nesta segunda-feira, 6, que as celebrações de cultos religiosos de forma presencial estão proibidas no Estado pelos próximos 15 dias.

De acordo com o Governador Helder Barbalho, o fechamento das igrejas é “Para garantir a diminuição do fluxo de pessoas nas ruas e a diminuição da concentração de pessoas”, disse Barbalho que reafirmou que esse é o momento é de ampliar as ações de contenção à doença.

O Governador que afirmou que seria amigos dos cristãos, afirmou que as celebrações devem ser realizadas de forma online, por meio das redes sociais.

VEJA TAMBÉM
COMADECE realizou sua 35º AGO e 41ª Escola Bíblica de Obreiros

“Portanto, cultos e eventos religiosos devem ser feitos por meio de ferramentas digitais que possam permitir que a população possa continuar tendo acesso às manifestações e cultos religiosos mas por meio digital”, explicou o governador.

O decreto possibilita ainda que as igrejas fiquem de portas abertas, porém sem público.