Câmara de Palmas aprova convocação de Secretário de Saúde

Na sessão ordinária de quinta-feira, 07, a Câmara Municipal de Palmas aprovou requerimento de autoria do vereador Gerson Aves (PSL), que solicita a convocação do secretário municipal de saúde, Daniel Borini Zemuner, para que compareça ao parlamento prestar esclarecimentos acerca dos gastos consolidados, até o momento, no combate ao Covid-19. Segundo o Regimento Interno, os secretários municipais, quando convocados, tem até trinta dias de prazo para comparecer ao parlamento e prestar contas sobre os assuntos previamente determinados.

Gerson Alves, autor do requerimento, explicou o motivo da solicitação. “Não entendo o porquê do Secretário Municipal se negar a vir até a Casa das Leis. O Secretário estadual esteve – espontaneamente – na Assembleia Legislativa ontem para o mesmo fim. Não consigo entender os motivos dele não querer dar transparência aos gastos realizados. Respeito o voto de cada um dos colegas parlamentares, contudo, discordo deles quando esvaziaram a sessão para não aprovarmos a vinda do gestor”, lamentou Alves.

Na sequência, Tiago Andrino (PSB) enfatizou a importância do Secretário prestar contas à população. “Ele poderia ter vindo espontaneamente, pois fizemos o convite, por duas vezes, mas ele recusou. Por isso não tivemos alternativa, senão a convocação, como determina o regimento. Nós queremos saber como está sendo gasto os R$ 26 milhões destinados ao combate à doença. Os testes rápidos que não foram comprados, as UTIs que não foram instaladas, os respiradores que não foram adquiridos, tudo isso a gente quer saber” frisou o pessebista para, logo em seguida, questionar: “Qual a explicação científica para liberar totalmente os ônibus e não autorizar, com restrições, uma loja que vende roupas? Quero saber a opinião dele

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here