Giovanna Martins, aluna da rede pública estadual de ensino de Araguaína -TO

Devido à pandemia do Covid-19, alunos da rede pública estadual do Tocantins estão com as aulas suspensas desde o dia 16 de março.

Nesta quinta-feira (28), o governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), decidiu prorrogar até o dia 30 de junho a suspensão das aulas presenciais em todas as escolas e universidades do Tocantins, inclusive na rede privada.

Sem aulas presenciais, alunos da rede pública estadual de Araguaína criaram uma petição online pedindo que o Governo forneça o ensino EAD.

“ Nós, alunos da rede pública de ensino,estamos lutando pelos nossos direitos,queremos aula, não podemos ficar parados,o Enem está aí,batendo a porta, precisamos de educação.
  Sabemos que tem pessoas que não tem acesso a internet e queremos que o governo crie um plano alternativo para estes.”, cita a petição.

A aluna Giovanna Martins gravou um vídeo cobrando do Governo do Tocantins uma solução para os alunos que estão com as aulas suspensas:

“Algo que precisamos deixar bem claro, é que não queremos somente EAD, estamos lutando por aqueles que não possuem acesso à internet”.

Link da petição – aqui

Veja o vídeo||

ENTENDA:

As atividades educacionais na forma presencial permanecerão suspensas em todo o Tocantins até dia 30 de junho, assim como a manutenção da jornada de trabalho de 6 horas para os servidores públicos.

A prorrogação do prazo consta no Decreto 6.099, assinado pelo governador do Tocantins Mauro Carlesse, foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), desta quinta-feira, 28.

“Estamos vivendo um momento sem precedentes. Um vírus muito dinâmico que requer a revisão de nossas ações quase que diariamente. Nossa preocupação maior é com a população, no sentido de evitar aglomerações para que esse vírus não se propague ainda mais, levando mais pessoas a adoecerem e aí colapsar a rede de saúde”, afirmou o governador Mauro Carlesse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here