Cristã indiana recebe alimento e agradece a Deus pela provisão

A quarentena iniciada na Índia no dia 23 de março teve impactos na vida de muitos cristãos que precisavam trabalhar diariamente para prover o sustento da família. “As pessoas nem têm dinheiro para comprar comida para suas famílias. É muito triste, pois não é apenas um testemunho, ou quatro ou cinco, mas a história de quase todas as famílias”, explica Heena*, uma parceira local.

Até agora, a Portas Abertas conseguiu ajudar centenas de famílias residentes em áreas remotas com alimentos equivalentes a um mês de sobrevivência. Muitos beneficiados falaram a Heena que nunca viram tanto alimento como o que receberam. O pastor Samuel* agradeceu pelo socorro emergencial e  as orações de irmãos e irmãs ao redor do mundo. “Deus nos deu cinco pães e dois peixes. Necessitamos pedir ao Senhor para multiplicar e alimentar milhares de pessoas. Nós precisamos participar. Percebemos que Deus está abençoando o povo dele e está satisfazendo-o”, testemunha o líder cristão.

Ataque às igrejas permanecem

Segundo o pastor, a chance de contágio pelo coronavírus não intimidou os extremistas, pois a hostilidade continuou. Em 13 de abril, uma igreja foi atacada e os cristãos locais foram ameaçados a voltar para o hinduísmo. O líder da igreja havia sumido e todos pensaram que ele tinha sido morto, mas pela graça de Deus ele apareceu mais tarde.

Apesar das dificuldades, há líderes que creem que Deus pode transformar uma situação ruim em bênção. Um pastor em Delhi, Isaac Shaw, disse ao grupo de comunicação Cristianity Today que é momento do Senhor usar a igreja de uma nova maneira. Não apenas na questão de audiência das reuniões virtuais aos domingos, mas também podem se alimentar das verdades bíblicas durante a semana. “As comunidades que antes eram hostis às igrejas agora estão procurando maneiras de colaborar”, revela.

O líder está otimista e acredita que este é o momento em que Jesus pode mudar a história da igreja e promover mais um avivamento. “Se todas as nações do mundo se arrependerem, podemos antecipar um poderoso movimento de Deus em nossos tempos”, conclui. A Índia está na 10ª colocação na Lista Mundial da Perseguição 2020, com 83 pontos, isso coloca o território no nível de perseguição extrema. Os cristãos indianos enfrentam o nacionalismo religioso, o antagonismo étnico e a paranoia ditatorial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here