“Chegou a hora dos intercessores na Argentina voltarem ao recinto de oração”, diz a profecia

A nação argentina está sob o ataque de uma ‘praga’ de gafanhotos. São cerca de 40 milhões de insetos que destroem plantações, com capacidade de consumir em um dia o equivalente ao que duas mil vacas ou 350 mil pessoas.

+ Nuvem de gafanhotos pode chegar ao Sul do Brasil

Os insetos vieram do Paraguai onde destruíram lavouras de milho. Na Argentina também teve perdas nas produções agrícolas por onde a nuvem passou.

nuvem de gafanhotos que avança pela Argentina está a 130 km em linha reta do município brasileiro de Barra do Quaraí, no oeste do Rio Grande do Sul, de acordo com o último levantamento do governo argentino nesta quarta-feira (24). Para meteorologistas, a chegada vai depender da condição climática no Sul nos próximos dias.

+ URGENTE: Bilhões de gafanhotos voltam a invadir África em meio à Pandemia do Covid-19

Profecia

Para enfrentar esta batalha, os argentinos receberam uma palavra profética, segundo Jennifer LeClaire, fundadora da  Jennifer LeClaire Ministries e editora sênior da  revista Charisma.

“O Espírito Santo está meditando sobre a Argentina. Foi o que Ele me disse enquanto eu dirigia para minha igreja, Awakening House of Prayer , no sul da Flórida”, disse LeClaire.

“Mas Ele não parou por aí. O Senhor me mostrou que quer revisitar a Argentina com avivamento. Ele me disse que está apenas esperando os intercessores na Argentina puxarem o avivamento do céu para a terra. O derramamento que o Espírito Santo tem em mente é maior que o reavivamento argentino das últimas décadas”, afirmou ainda.

“Ouvi o Senhor dizer: Derramarei Meu Espírito em resposta aos famintos, os intercessores remanescentes que não estão satisfeitos com a glória de ontem ou os milagres de ontem. Responderei aos gritos dos intercessores que entendem que o último da Argentina será maior que o passado dela. Ajudarei-os a orar, empurrar e romper com sinais e maravilhas de avivamento que traz muitas almas ao Meu reino”, continuou.

“Chegou a hora dos intercessores na Argentina voltarem ao recinto de oração”, concluiu.

(Com Charisma News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here