De acordo com o vereador Erivelton, a realização do certame é de extrema importância, pois a falta de efetivo da Polícia Militar provoca sensação de insegurança à população

Em resposta ao vereador Erivelton Santos (PV) sobre o andamento do processo que prevê o aumento do efetivo da Polícia Militar, o governador Mauro Carlesse (DEM) disse, por meio da Secretaria Executiva da Governadoria, através de ofício, que o processo está em andamento e segue os trâmites legais para sua efetivação.

Conforme o presidente da Comissão responsável pelo certame, CEL Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, o concurso é uma prioridade da Instituição para o ano de 2020. Além disso, foram listadas as ações já realizadas até o momento, que são: Designação da Comissão interna para o Concurso; Elaboração do Termo de Referência para contratar a Banca Examinadora; Solicitação do parecer da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) e Planejamento (SEPLAN), quanto a disponibilidade de recursos orçamentários; Resposta da SEFAZ e SEPLAN com manifestação favorável a realização do Concurso; Encaminhada solicitação de propostas para Pessoas Jurídicas prestadores de serviços (Bancas examinadoras) e recebimento das Propostas das Bancas Examinadoras para análise.

+ Requerimento do vereador Erivelton para iluminação e ajardinamento na região das ARSOS é aprovado

De acordo com o vereador Erivelton, a realização do certame é de extrema importância, pois a falta de efetivo da Polícia Militar provoca sensação de insegurança à população, além do problema causado pelo fechamento de dezenas de bases de segurança devido à falta de efetivo para atuação. “Apresentamos um estudo e encaminhamos ao governador, em que confirmamos que a realização do concurso é indispensável. Com essa resposta, tanto o governo do Estado como a Polícia Militar do Tocantins demonstram total respeito e atenção à causa. Agradeço o posicionamento e reitero meu compromisso e acompanhamento das etapas do certame”, assegurou Erivelton.

Entenda

No dia 19 de junho de 2020, o vereador Erivelton Santos encaminhou oficio, subscrito por 16 vereadores da capital, para que o chefe do Executivo pudesse dar andamento à realização do Concurso Público para provimento de 1.000 (mil) vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD) – da Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO), anunciado pelo Coronel Jaizon Veras Barbosa, Comandante Geral da corporação, durante solenidade comemorativa dos 30 (trinta) anos das Polícias do Estado na Assembleia Legislativa, realizada no dia 24 de dezembro de 2019.
Resposta em anexo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here