A prevenção do abuso sexual na Igreja será tema de um curso on-line ministrado por especialistas católicos neste mês de julho, que já conta com a procura de alunos de todo o Brasil.

O curso, que acontecerá nos dias 18, 22, 25 e 29 de julho, é promovido pela associação de psicólogos Reconciliatio – Psicologia Integral, com o apoio da Diocese de Petrópolis (RJ). Terá a duração de 2 horas por dia e as aulas ficarão disponíveis por um período de 30 dias para aqueles que não conseguirem participar ao vivo.

+ Damares defende penas mais duras para religiosos denunciados por abuso sexual

O objetivo, assinala o programa do curso, é “a capacitação de pessoas para intervirem nos diferentes âmbitos de prevenção do Abuso Sexual e proteção de crianças e adolescentes, tanto nos ambientes e contextos eclesiais como no seio das famílias, Igrejas domésticas, cerne do desenvolvimento da pessoa”.

“Desde 2017, membros do Movimento de Vida Cristã buscaram se aprofundar pelo tema do Abuso Sexual. Ao longo dos anos de 2018 e 2019, foi estruturado o Programa de Prevenção do Abuso Sexual e Promoção de Ambientes Seguros para Crianças e Adolescentes, sendo oferecido tanto no meio eclesial quanto civil”, explicou o psicólogo José Augusto Rento Cardoso.

Este curso “visa apresentar a questão do abuso sexual” e durante as aulas “são abordados desde aspectos relacionados ao perfil do abusador, passando por sintomatologias e comportamentos de crianças e adolescentes abusados, terminando com caminhos para a prevenção de tal tipo de violência pautado em uma ética personalista”.

Os professores do curso são capacitados e atuam na área de avaliação de abuso sexual infantojuvenil, bem como tem recebido formação específica quanto ao abuso sexual no âmbito eclesial junto ao Centro de Investigación y Formación Interdisciplinar para la Proteción del Menor (CEPROME), do México, tendo recentemente terminado uma formação voltada para o Psicodiagnóstico e criação de perfil de abusadores e vítimas de abuso sexual.

Este curso é voltado para sacerdotes, religiosos, religiosas, psicólogos de seminários, catequistas, educadores e leigos em geral, mas também as pessoas que tenham interesse pelo tema.

Segundo José Augusto, “a aceitação tem sido boa, sendo que até antes da pandemia [do novo coronavírus] já tínhamos atingido cerca de 300 pessoas”.

“A procura para está edição do curso está sendo muito boa. É a primeira vez que estamos oferecendo de forma online e já temos 65 inscritos de diversas partes do país, desde Roraima até Rio Grande do Sul”.

Para realizar a inscrição para o curso acesse AQUI, sendo que até dia 10 de julho há um valor promocional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here