Aulas serão retomadas de forma remota em Palmas — Foto: Yonny Furwkawa/TV Anhanguera

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (17) que as aulas da rede municipal de ensino serão retomadas, de forma remota, no próximo dia 3 de agosto. Com a intenção de incluir mais alunos, a Secretaria Municipal de Educação resolveu disponibilizar os conteúdos pela televisão através do canal 5.1. Segundo a prefeita, as aulas presenciais de forma escalonada podem voltar no mês de setembro, dependendo da evolução da pandemia na capital.

As aulas municipais foram suspensas em março deste ano para evitar a disseminação do novo coronavírus. A cidade já soma 3.439 confirmações da doença além de 26 mortes.

+ Para atrair segmento, Cinthia Ribeiro analisa ter vice evangélico

Parte do plano de retomada das atividades escolares foi informado em uma coletiva de imprensa. A prefeita explicou que, aos poucos, as atividades presenciais serão retomadas para o ensino fundamental e, por enquanto, o retorno semi-presencial não vai incluir a educação infantil.

A previsão é que em setembro comece o rodízio de aulas presenciais, com 25% dos alunos e funcionários de volta às unidades por dia da semana, em esquema de revezamento. A partir de outubro, cada dia da semana poderá voltar a ter até 50% de cada turma e em dezembro o número deve chegar a aproximadamente 75% nas salas de aula. Segundo Cinthia Ribeiro, o plano é flexivel. “Esse é um projeto que pode haver alteração de acordo com a evolução de boletins epidemiológicos diários”.

De acordo com a secretária municipal de educação, neste ano as aulas devem ser ministradas até o dia 22 de dezembro, sendo contabilizados 96 dias letivos no segundo semestre.

Anice Moura, superintendente de avaliação e desempenho educacional, disse que os alunos vão contar com duas ferramentas. Parte das atividades serão transmitidas pela televisão e outras pela plataforma virtual Palmas Home School. Os responsáveis por alunos que não têm acesso à internet terão acesso a atividades impressas.

As famílias vão receber os horários das aulas através de comunicados para que os estudantes não percam as atividades. Em caso de dúvidas, os pais ou responsáveis podem procurar as escolas dos estudantes.

(Com G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here