Redação JM Notícia

Blogueiro Allan dos Santos | Foto: Terça Livre

O blogueiro Allan dos Santos, responsável pelo site Terça Livre e investigado no inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal (STF), fez graves denúncias nesta sexta-feira (31).

Santos afirma ter deixado o Brasil por temer sua vida e de seus familiares e gravou um vídeo dizendo que o ministro Luís Roberto Barroso quer armar um golpe para cassar a chapa Bolsonaro e Mourão.

Para isso, escutas teriam sido colocadas em sua casa durante as duas visitas que o blogueiro recebeu da Polícia Federal. A ideia seria encontrar qualquer ligação entre o presidente e os blogs que são acusados de promover notícias inverídicas contra desafetos de Bolsonaro e seus filhos.

+ Relatório de CPMI persegue site conservadores classificando-os como “fake news”

“Eles querem cassar o presidente Bolsonaro, estão fazendo escuta telefônica. Fizeram duas buscas a preensões na minha casa para colocar escuta e e ninguém teve duas buscas e apreensões. Na minha casa eu creio que foi a única”, diz trecho do vídeo.

+ Conservadores repudiam decisão do STF sobre inquérito das fake news: ‘Ditadura da toga instalada’

Allan dos Santos também fala que a China e a Coreia do Norte também estariam o perseguindo. “Se alguma coisa acontecer comigo ou com minha família, só veio dessas pessoas e grupos: das embaixadas da China e da Coreia do Norte em Brasília, do advogado Kakay (Antonio Carlos de Almeida), do Partido dos Trabalhadores, do Barroso ou do Alexandre de Moraes. Estou colocando minha vida em risco dando essa informação. A única maneira de dar essa informação era fora do país”, disse.

Assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here