Os assassinatos ocorreram na noite de 22 de junho, mas os relatos dos crimes só saíram do país da África Oriental nesta semana.

Muçulmanos radicais no leste de Uganda espancaram e afogaram um pastor de 25 anos e um membro da igreja de 22 anos em retaliação por pregar o Evangelho aos muçulmanos locais.

O pastor Peter Kyakulaga, da Igreja de Cristo, e o paroquiano Tuule Mumbya foram assassinados em um lago na vila de Lugonyola, no subdistrito de Gadumire, no distrito de Kaliro, informou o Morning Star News, com sede nos EUA nesta semana .

Os assassinatos ocorreram na noite de 22 de junho, mas os relatos dos crimes só saíram do país da África Oriental nesta semana.

+ Conheça os 5 grupos extremistas que mais perseguem cristãos

Um dia antes dos assassinatos, muçulmanos radicais alertaram o pastor e os membros de sua igreja a parar de evangelizar na área.

“Descobrimos que sua missão não é pescar, mas realizar reuniões cristãs e depois converter muçulmanos ao cristianismo”, disse um dos muçulmanos aos evangelistas cristãos, segundo um parente do pastor. “Não vamos aceitar essa sua missão de ânimo leve. Este é o nosso último aviso para você.

David Nabyoma, presidente do conselho local da vila de Namuseru, onde a igreja está localizada, foi informado sobre o ataque.

“Eles estavam pedindo ajuda, dizendo que muçulmanos de Lugonyola invadiram a área ao redor do lago e vários cristãos foram feridos, incluindo meu filho”, disse Nabyoma, membro da Igreja de Uganda. “Imediatamente corremos para o local do incidente com vários cristãos. Alugamos quatro barcos, fomos de carro até o lago e descobrimos que dois dos cristãos haviam sido severamente espancados, se afogaram no lago e morreram instantaneamente. ”

Os líderes da igreja do país pediram aos cristãos que não retaliassem, mas orassem.

Enquanto Uganda é um país predominantemente cristão, com os muçulmanos representando apenas 12% da população, os cristãos enfrentaram ataques por sua fé nas áreas de maioria muçulmana.

(Com The Christian Post)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here