Francisco Cichoski estava internado desde junho — Foto: Divulgação

Um pastor da Assembleia de Deus de Sorriso, no norte do estado, morreu em decorrência da Covid-19 nessa segunda-feira (10). Francisco Cichoski estava internado no Hospital Universitário Júlio Müller, em Cuiabá, desde o dia 25 de junho.

Pastor é o sétimo ministro pertencente à Convenção que partiu para o Senhor após contrair o novo coronavírus.

+ Pastor Silas Paulo de Souza é eleito presidente da AD de Cuiabá e região

O filho dele Eliezer Cichoski informou que, dos 46 dias que o pai ficou internado, 43 ele passou intubado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nas redes sociais, a Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso (Comademat), familiares e amigos lamentaram a morte do pastor.

Devido às medidas de segurança e prevenção ao coronavírus, não haverá velório aberto ao público.

Morte de pastores

No dia 2 de julho, o pastor Jânio Correa Leite morreu em decorrência da Covid-19. Ele atuava na Assembleia de Deus de Barão de Melgaço.

Em 8 de julho a Assembleia também perdeu o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, cinco dias depois da morte do filho dele, também pastor da mesma igreja, Rubens Siro de Souza, de 68 anos, pela mesma doença.

Já no dia 20, morreu José Geraldo dos Anjos, de 76 anos, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá. Ele e a mulher Raimunda Nonato, haviam sido diagnosticados e faziam tratamento na casa da neta deles. Raimunda conseguiu se recuperar.

Ainda em julho, José Damaceno de Castro, de 60 anos, morreu devido ao coronavírus duas semanas antes de ir a óbito, em Nobres, a 151 km da capital.

Outro pastor vítima da Covid-19 foi Beneamito Borges de Moraes Camargo, conhecido como pastor Camargo. Ele veio a óbito no dia 1° deste mês, em Barra do Garças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here