O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou nesta quarta-feira (23), em entrevista à CNN, que a reeleição para cargos executivos não deu certo no Brasil e deve ser revista. FHC defende a substituição do atual modelo, com até dois mandatos de quatro anos, por apenas um, com cinco anos de duração.

“Eu era favorável à reeleição, mas hoje, olhando para trás, eu vejo que nós agravamos uma tendência, que é a de abusar do poder”, afirmou o ex-presidente em entrevista ao âncora William Waack.

+ Time incluiu Bolsonaro na lista dos 100 homens mais influentes do mundo em 2020

A reeleição foi aprovada em 1997 e possibilitou que Fernando Henrique Cardoso fosse reeleito presidente no ano seguinte. Agora, aliado à esquerda, FHC busca frear uma possível reeleição de Jair Bolsonaro.

Segundo o ex-presidente, a emenda da reeleição envolvia “muitos interesses”, incluindo o de forças políticas que queriam evitar a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no pleito de 1998 e governadores e prefeitos que também queriam poder disputar um segundo mandato naquela eleição.

(Com CNN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here