Os perigos do uso do celular no trânsito / FOTO: Reprodução Internet

Na Capital, o uso do celular na direção foi responsável por 1.245 autuações de janeiro a agosto deste ano. O levantamento é do Detran, Departamento Estadual de Trânsito do Estado.

Um dos princípios da direção defensiva no trânsito é o tempo de reação ao qual o motorista tem para ver, analisar e planejar sua ação ao se deparar com alguma situação adversa no trânsito. Pesquisas apontam que a prática de manusear o telefone enquanto dirige é tão perigosa quanto dirigir embriagado, por exemplo: enviar mensagens retarda em 35% a reação do motorista, e o percentual é menor nos casos de condutores que ingeriram bebida alcoólica com cerca de 12%.

Leia+Congresso aprova Nova Lei de Trânsito: texto é enviado para sanção de Bolsonaro

Matorama alerta que até mesmo atender ligações oferecem riscos de acidentes: “É importante saber que até mesmo funções que não exigem foco visual, como ligações, são perigosas. Ao conversar com alguém pelo viva voz ou com fones de ouvido, você não perde apenas a noção auditiva, como também desvia a atenção do Trânsito para o assunto da conversa.”. O alerta tem o objetivo de proporcionar mudança comportamental para uma melhor qualidade de vida.

O Detran-TO executa a política de trânsito, bem como cumpre e faz cumprir a legislação de trânsito no âmbito do Estado do Tocantins afim de promover um trânsito mais humanizado.

FONTE: Detran Tocantins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here