Malafaia comenta possível escolha de Kassio Nunes para o STF

O pastor explica que a expectativa é que a promessa se cumpra na outra indicação ao Supremo a que Bolsonaro tem direito

0

O pastor Silas Malafaia disse que apesar de o presidente ter dito que nomearia para o Supremo Tribunal Federal um ministro “terrivelmente evangélico”, não ficou frustrado com a escolha do desembargador Kassio Nunes, católico, anunciada ontem. “O presidente me disse pessoalmente há 15 dias que a primeira vaga não seria de um evangélico, mas sim a próxima”, disse à coluna Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

+ Católico e conservador: quem é Kassio Nunes Marques, cotado para vaga de Celso de Mello no STF

+ ‘Perdão de dívidas’: Malafaia defende evangélicos e detona preconceito da grande mídia

O pastor explica que a expectativa é que a promessa se cumpra na outra indicação ao Supremo a que Bolsonaro tem direito. “Frustração haverá se o próximo ministro do STF não for evangélico, se ele não cumprir a palavra”, diz.

“Nenhum líder e nem a bancada evangélica pediram ao presidente um cara no STF”, observa Malafaia. “Ele é que disse em várias reuniões com lideranças das igrejas e também para a imprensa que escolheria alguém terrivelmente evangélico. Se ele não fizer isso, aí sim, haverá uma tremenda frustração”.

Desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o piauiense Kassio Nunes deverá ser o indicado pelo presidente para substituir o ministro Celso de Mello, que se aposenta dentro de alguns dias. .

“Não tenho juízo de valor a fazer sobre esse nome, porque eu não o conheço”, comentou Malafaia .

(Com UOL)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here