O projeto AMA retornará repaginado com foco em capacitação de jovens na área de tecnologia.

O candidato Marcelo Lelis (PV) esteve na manhã desta sexta-feira,16, visitando uma indústria de cordas e reciclagem de plásticos, localizada no Distrito Industrial da região Sul, onde em conversa com funcionários anunciou o que está chamando de evolução do projeto AMA – Amigos do Meio Ambiente. Implantado na sua gestão à frente da Superintendência Municipal de Parques e Jardins, em 1995, o projeto foi premiado pelo Unicef e recebeu recursos do Criança Esperança, da Rede Globo.

+ Marcelo Lelis promete concurso para a Guarda Metropolitana: ‘Segurança é prioridade’

Criado com o objetivo de ajudar meninos em situação de vulnerabilidade social, aproximando-os da natureza e de tarefas extracurriculares, o AMA foi exemplo para outros estados brasileiros. ‘’Esse legado me deixa muito orgulho e por isso vou retornar esse projeto, mas agora reformulado com uma pegada tecnológica. Vamos dar todas as condições de inserir os jovens no mercado de trabalho, mas dentro da realidade desse novo mundo que vivemos, onde a tecnologia é parte fundamental. Esse ecossistema criativo tem que se tornar acessível para quem mais precisa. Isso é sustentabilidade na veia. Nesta primeira etapa serão cerca de 5 mil vagas com bolsa auxílio de R$ 500 por mês. Afirmou Marcelo Lelis

Bolsa auxílio de R$ 500

Entre os critérios para participar do projeto é necessário que o adolescente esteja regularmente matriculado na rede municipal de ensino e pertencer a uma família de renda menor que dois salários mínimos.

Os adolescentes irão frequentar o AMA Digital no horário inverso ao de sala de aula, somando quatro horas diárias. A partir de recursos da prefeitura, receberão bolsa auxílio no valor de R$ 500, além de cesta básica, vale transporte e atendimento ambulatorial. O Ama digital irá oferecer cursos de capacitação voltados para as áreas de programação, sistemas de informação, sistema de redes, desenvolvimento de aplicativos e outros serviços relacionados à tecnologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here