(Brasília – DF, 13/11/2019) Palavras do Presidente da República Popular da China, Xi Jinping.\nFoto: Marcos Corrêa/PR

O presidente da China, Xi Jinping esteve na base militar em Guangdong, nesta terça-feira (13). Durante a visita, o Xi pediu para que os soldados estejam com suas “mentes e energia na preparação para a guerra”.

Xinhua, agência oficial de notícias estatais, reportou que o presidente ainda instruiu que os soldados se mantivessem em “um estado de alerta máximo”. Além disso, de acordo com a agência, Xi também pediu “lealdade, pureza e confiança” dos militares. 

+ Profecias bíblicas e o acordo de paz entre Israel e Emirados Árabes Unidos

Xi teria visitado Guangdong para discursar nesta quarta-feira (14) em comemoração ao aniversário de 40 anos da Zona Econômica Especial (ZEE) de Shenzhen, que foi fundada em 1980.

De acordo com a emissora norte-americana CNN, o momento tem sido marcado por tensão entre a China e os Estados Unidos, em razão da aproximação do governo de Donald Trump com Taiwan e da pandemia de coronavírus. 

A China afirma que Taiwan  é parte integrante de seu governo, por isso não está feliz com a aproximação entre os dois países. Na última segunda-feira (12), o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, pediu para que os Estados Unidos rompessem “laços militares” com Taiwan.

Fim dos Tempos

O que tem acontecido entre os países é mais um sinal do fim dos tempos. O Senhor Jesus já havia alertado sobre os sinais que precederiam sua volta. Um deles são as guerras e rumores de guerra. Veja a seguir:

“Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino; haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu.” Lucas 21.10-11.

“Este sinal não se referia apenas às guerras que iriam acontecer nos anos seguintes em Israel, quando Jerusalém seria destruída, mas às que ocorreriam ao longo dos séculos entre reinos e nações. O mundo já passou por terríveis guerras que destruíram cidades inteiras e ceifaram a vida de milhões de pessoas. Mas esses conflitos não acabaram”, esclareceu o Bispo Edir Macedo, em seu comentário na Bíblia em comemoração aos 40 anos da Universal.

(Com Universal/Rafaela Dias / Foto: Marcos Corrêa/PR – Agência Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here