Conecte-se conosco

Opinião

Teólogo diz que há “Pastores Lobos” que vendem seus púlpitos em trocas do favor do rei

Publicado

em

José Alberto Rocha Carvalho É bacharel em Teologia-Recife, bacharel em Comunicação-RJ, pós-graduado em Educação-UnB, psicanalista-RJ e pastor Batista. Mora em Araguaína. E-mail: alberocha1@hotmail.com

José Alberto Rocha Carvalho
 pastor Batista. Mora em Araguaína.
E-mail: [email protected]

Dói na alma e no coração quando a igreja se alia à corrupção e à injustiça.

Um político me falou que os cabos eleitorais mais corruptos vêm de igrejas evangélicas. Ele me explicou como os políticos fazem para amarrar esses “lobos” de igrejas que se passam por pastores. Fiquei envergonhado.

Muitos desses “lobos” procuram os candidatos e prometem apoio da igreja em troca de migalhas, como saco de cimento, tijolos, além de pagamento do carnê do carro, dentre outras coisinhas.

Os tempos mudaram, mas Deus não mudou. As circunstâncias são outras, mas o Evangelho é o mesmo. Os evangélicos, que sempre foram respeitados por sua história e luta na defesa e pregação do evangelho puro, não podem se vender em circunstância nenhuma, principalmente em época de eleição, como agora em 2016.

“Pastores lobos” que vendem os púlpitos das igrejas em troca de favores do rei e que se calam diante da corrupção e da injustiça, não são dignos da missão que Deus lhes deu. O melhor seria que entregassem o cajado ministerial.

O poder que o Espírito Santo dá aos seus servos é para fazer diferença, pregar o evangelho, transformar vidas, denunciar a injustiça e não para se aliar à corrupção e à injustiça.

Mas muitos desses “lobos” só sabem esfolar os membros de suas igrejas pedindo dinheiro descaradamente, ostentar luxo, correr atrás de títulos inúteis como bispos, apóstolos, pós-apóstolos, patriarca, dentre outros nomes inúteis à piedade cristã. Enquanto o irmão anda de bicicleta velha o pastor esbanja Hi-lux ou jatinho e com o dinheiro da igreja. Isso é injustiça e injustiça é um tapa na cara de Deus. Ninguém gosta de levar tapa na cara.

E tem mais: Candidato que se diz crente e que se utiliza do nome de evangélico para tentar atingir seus próprios objetivos, sejam eles políticos ou não, precisa fazer profundo exame de consciência. Igreja e política devem andar separadas, mas em harmonia. Fé é fé, política é política. Usar o nome de evangélico para ganhar eleição é o mesmo que chafurdar na lama com os porcos. Quer ser candidato, que seja. Mas, seja pelas próprias qualidades.

Evangélicos, larguemos o osso da corrupção, saiamos de debaixo do manto da injustiça e sejamos luz do mundo e sal da terra. Vamos dar sabor ao insípido e iluminar a escuridão.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte