Conecte-se conosco

Tocantins

Acordo vai ofertar mestrado e doutorado a profissionais de segurança do TO

Publicado

em

Da redação

Assinatura de acordo foi acompanhada por membros da SSP e Unitins. Foto: Divulgação

Com o objetivo de fortalecer a capacitação e qualificação dos profissionais de Segurança Publica do Estado ao permitir a promoção de cursos de extensão e pós-graduação latu sensu e stricto sensu (mestrado e doutorado), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) formalizaram na manhã desta quarta-feira, 28, na sede da reitoria da Unitins, um acordo de cooperação técnica. O documento inclui também a promoção de cursos nas modalidades presencial e Ensino a Distância (EaD) e a utilização dos meios de comunicação da Unitins, como rádio FM e canal de TV.

+ Implantado Conselho para consulta e fiscalização da Segurança Pública no TO

+ Lei que cria o Fundo de Segurança Pública do Tocantins é sancionada pelo Governo

Assinado pelo secretário da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, e pelo reitor da Universidade, Augusto Rezende, o acordo contempla ainda o intercâmbio de alunos, servidores, professores e colaboradores eventuais vinculados aos projetos educacionais, bem como a utilização de salas de aula, auditórios, estúdios de gravação, profissionais encarregados da produção dos conteúdos, laboratórios e áreas de campo para experimentos em ações desenvolvidas pela Secretaria da Segurança Pública e Unitins.

Cristiano Sampaio e Augusto Rezende assinam termo de cooperação. Foto: Divulgação

Segundo o secretário Cristiano Sampaio, a cooperação visa fortalecer os programas de qualificação das forças de segurança do Estado, por meio da Escola Superior de Polícia (Espol) com a Unitins. “Buscamos com esse acordo de cooperação valorizar cada vez mais os servidores policiais, sejam eles da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Pretendemos criar aqui uma oportunidade para trazer mais capacitação, mais formação, melhorando a qualidade do policial e por consequência melhorando o serviço público que é prestado à população”, ressaltou.

Expertise

Para o reitor da Universidade do Tocantins, professor Augusto Rezende, a parceria com a Secretaria da Segurança Pública reforça a competência da instituição como órgão educacional de certificação acadêmica. “Essa ação de hoje consolida a Unitins como instituição de conhecimento do Estado do Tocantins juntamente com a Secretaria da Segurança Pública, para criar um ambiente de formação continuada, onde possamos levar aos policiais, todo o conhecimento, a necessidade de formação da equipe da Polícia Civil que atua no Estado. Interessante também é que este trabalho que está sendo desenvolvido possa ser disseminado para as demais forças de segurança. Então, alia-se a expertise da Unitins, enquanto força de conhecimento, capacidade de emissão de certificados de cunho de conhecimento pedagógico, com a experiência prática, tática e funcional que a Polícia Civil possui. Então o Estado só tem a ganhar com esse tipo de parceria”, frisou.

Policiais

O secretário Cristiano Sampaio ressaltou ainda que o termo possibilita não só a utilização do espaço físico da universidade, como também da plataforma EaD, tornando, assim, possível a oferta de cursos de pós-graduação, inclusive de mestrado e doutorado.  ”Temos uma porta aberta aqui para desenvolver desde pequenos cursos, cursos de pós- graduação, mestrado e até mesmo doutorado. A oportunidade está aberta e agora a ideia é construir as ações, para que possamos ter não apenas cursos de capacitação, mas também oportunidade de utilizar as demais estruturas que estão sendo disponibilizadas, trazendo os policiais para a universidade mais uma vez”, finalizou.

Academia Itinerante

Em continuação ao processo de formação do efetivo policial do Estado, dezenas de profissionais da segurança pública estão participando em Araguaína, no Norte do Estado, do Projeto Academia Itinerante, da Secretaria da Segurança Pública. Participam das capacitações, 15 delegados, 15 escrivães, 55 agentes, dentre outros.

Algumas das disciplinas ministradas são Normas Aplicadas à Polícia Civil; Interceptação telefônica e lavagem de dinheiro; Uso de Tecnologias no Trabalho Policial e Crimes Cibernéticos; Homicídio e local de crimes diversos e morte violenta e Noções de Operações Aéreas. Para os peritos, papiloscopistas e agentes de necrotomia, haverá disciplinas especificas abrangendo cada uma das categorias.

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo12 horas atrás

Paulo Guedes diz que a privatização da Eletrobras está certa e adianta: “Vem aí os Correios”

O ministro comemorou também que mesmo diante da Pandemia, o Brasil tem tomado medidas importantes

Brasil/Mundo13 horas atrás

Barroso rejeita pedido de Bolsonaro para derrubar lockdown em estados

Para o ministro do STF, estados e municípios têm competência para editar normas para o enfrentamento da pandemia

Brasil/Mundo13 horas atrás

“Sou pré-candidato à presidência”, afirma João Doria

O polêmico governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (21) que não será candidato à reeleição ao...

Brasil/Mundo14 horas atrás

Concurso Ibama: novo edital foi autorizado para mil vagas

De acordo com ex-ministro, foram mil vagas autorizadas ao todo pelo Ministério da Economia. Não houve mais informações se foi...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Congresso Nacional decreta luto de três dias por mortos de Covid-19

Neste final de semana o país atingiu a marca de 500 mil brasileiros mortos em decorrência da covid

Brasil/Mundo2 dias atrás

Marca “Deus é Amor” poderá ser usada por outras igrejas, decide TJ

A Deus é Amor queria impedir que a expressão fosse utilizada pela Igreja Pentecostal Deus é Amor Renovada Ministério de...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Programa de capacitação em tecnologia está com inscrições abertas para bolsas de estudo

Vagas são para estudantes recém-formados

Brasil/Mundo2 dias atrás

Brasil recebe 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen

O Brasil deverá receber 38 milhões de doses do imunizante da Janssen este ano

Brasil/Mundo2 dias atrás

Universidade de Oxford testa ivermectina como possível tratamento para Covid-19

Segundo a Universidade, a ivermectina resultou na redução da replicação do vírus em estudos laboratoriais

Brasil/Mundo3 dias atrás

PGR pede ao STF para rejeitar ações de Bolsonaro contra o lockdown

O presidente, através da AGU, entrou com uma ação contra o lockdown adotado em três estados: Pernambuco, Paraná e Rio...