Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Agência contrata influenciadores digitais para fazerem propaganda velada para o PT: R$ 2 mil por mês

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Eram duas campanhas: uma delas para divulgar as mensagens do aplicativo “O Brasil Feliz de Novo”; a segunda era para fingir defesa de causas e minorias sem avisar que era postagem paga

A publicitária Ale Siedshalag usou suas redes sociais para denunciar um e-mail que recebeu de uma agência oferecendo R$ 2.000,00 por mês para que ela fizesse propaganda política para um partido de esquerda, fingindo ser um ativismo político para assuntos de sua escolha como causa LGBT, defesa animal, direito das mulheres, defesa dos direitos humanos entre outros.

Pelo Twitter, outros influenciadores comentaram que também receberam o e-mail e, mais tarde, descobriu-se uma série de personalidades com forte influência no microblog que não só aceitaram, como também já começaram a publicar propaganda velada, o que pela lei brasileira já é considerado crime (toda propaganda precisa ser sinalizada).

Chamado de “Mensalinho do Twitter“, o caso chegou a ser um dos assuntos mais comentados no microblog nesta segunda-feira, com inúmeras mensagens criticando o Partido dos Trabalhadores e os influenciadores que aceitaram tal proposta.

O jornalista Diego Escosteguy conseguiu informações sobre o cliente da agência de publicidade contratada para selecionar os influenciadores e fazer a proposta e descobriu uma segunda campanha: o cliente seria a Follow Análises Estratégicas, sediada em Belo Horizonte, cujo um dos donos é o deputado mineiro Miguel Corrêa, do PT, candidato ao Senado.

Os influenciadores divulgariam o app “Brasil Feliz de novo”, desenvolvido pela Follow Now, um app usado para divulgar mensagens de apoio ao PT e “combater fake news“.

Na visão do jornalista, o caso deve ser analisado pelo Ministério Público Eleitoral, pois configura publicidade digital paga que é proibido pela lei eleitoral.

O jornalista listou uma série de questionamentos sobre essas duas ações, inclusive se o valor pago a esses influenciadores partiu do Fundo Eleitoral ou de outras fontes. Ele questiona também a quantidade de influenciadores comprados para estas campanhas e ainda se o partido tem como comprovar o pagamento e a origem do dinheiro que foi distribuído.

“Trata-se de um caso relevante, que descortina as novas estratégias para influenciar os eleitores sem que eles saibam. Sabe-se, ao menos, que foi uma ação às escondidas. Não se sabe se foi a única – e nem se o PT é o único partido a fazer isso nesta campanha”, completa Diego. Você pode conferir as postagens da Ale Siedschlag aqui e do jornalista Diego Escosteguy aqui.

Algumas das mensagens supostamente pagas por esta campanha podem ser acessadas aqui.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo30 minutos atrás

Instituto faz campanha para promover reconstrução facial gratuita para quem sofre com o rosto desfigurado

A parceria entre o Instituto Mais Identidade e a UNIP visa devolver a autoestima e a esperança dos pacientes

Brasil/Mundo6 horas atrás

Ministério da Saúde suspende vacinação contra Covid-19 em adolescentes sem comorbidades

Jovens de 12 a 17 anos que tomaram a primeira dose NÃO devem tomar a segunda dose

Brasil/Mundo14 horas atrás

Governo Federal propõe programa habitacional mais barato e mudanças no Casa Verde Amarela

Os usuários contemplados poderão ter descontos acima de R$ 30 mil no valor final do imóvel

Brasil/Mundo1 dia atrás

Convenção CEADDIF se reúne para falar de discipulado

São mais de 4 mil pastores e pastoras, atuando em cerca de 200 ministérios

Brasil/Mundo1 dia atrás

Somos Futuro seleciona estudantes para bolsas integrais no ensino médio

Para participar do processo é preciso estar no 9º ano do Ensino Fundamental II em escola pública

Brasil/Mundo2 dias atrás

Habite Seguro: Bolsonaro lança programa habitacional para profissionais da segurança pública

Programa é para profissionais que ainda não possuem um imóvel com renda mensal de até R$ 7 mil

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro sanciona lei e 25 milhões de brasileiros terão conta de luz mais barata

A sanção presidencial visa simplificar a inscrição no programa Tarifa Social para que potenciais beneficiários sejam incluídos automaticamente

Brasil/Mundo3 dias atrás

Caetano Veloso perde ação judicial contra Marco Feliciano que o chamou de pedófilo

O juiz entendeu que o deputado federal exerceu o legítimo direito de liberdade de criticar

Brasil/Mundo3 dias atrás

Jornalista espanhol diz que Neymar tem contrato com o PSG para não falar de religião

O contrato oferece 6,5 milhões de euros para o jogador caso ele fique longe de polêmicas políticas e religiosas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Igrejas e templos religiosos estão isentos de pagar ICMS nas contas de água, luz, gás e telefonia

Governador Cláudio Castro sanciona lei com autoria de 16 deputados estaduais