Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Aldeia cristã em Mali foi praticamente eliminada após massacre de jihadistas

Publicado

em

Da redação

“Ninguém foi salvo, mulheres, crianças, pessoas idosas”, relatou um sobrevivente. Foto: Ilustrativa

Aproximadamente 100 cristãos foram massacrados por terroristas muçulmanos na nação de Mali, na África Ocidental, no mês de junho de 2019. 

A BBC  relata que em 9 de junho, militantes muçulmanos armados Fulani invadiram uma aldeia predominantemente cristã em Sobame Da e mataram homens, mulheres e crianças.

Autoridades dizem que encontraram pelo menos 95 corpos. Os atacantes também mataram animais e atearam fogo nas casas. 

“Cerca de 50 homens fortemente armados chegaram em motocicletas e caminhões”, disse à AFP um sobrevivente chamado Amadou Togo. “Primeiro eles cercaram a cidade e depois atacaram, todos aqueles que tentaram escapar foram mortos.”

“Ninguém foi salvo, mulheres, crianças, pessoas idosas”, acrescentou.

Nenhum grupo terrorista reivindicou a responsabilidade pelo massacre. 

“No momento em que temos 95 civis mortos, os corpos estão queimados, ainda estamos procurando por outros”, disse uma autoridade local à AFP.

O grupo de vigilância cristão  Open Doors  informou na semana passada que todas as pessoas que morreram eram cristãs.

Uma fonte de segurança no local disse à AFP que a vila “foi praticamente eliminada”.

A África Ocidental é o local de alguns dos ataques mais brutais contra os cristãos nos últimos anos que custaram milhares de vidas. 

O Mali entrou em crise depois que os jihadistas islâmicos tomaram o país em 2012. A violência tornou-se tão grave que todo o  governo do Mali renunciou  em abril.

Portas Abertas encoraja os cristãos a usar os seguintes pontos para orar pelos seus irmãos na África Ocidental:

“Ore para que Deus esteja perto de nossos irmãos e irmãs de coração partido no Mali e em toda a África, peça a Deus que seja tangivelmente próximo.

Peça a Deus para derramar Seu Espírito de amor, ordem e calma sobre essas comunidades. Ore por segurança e proteção nos próximos dias.

Peça a Deus para intervir nesta violência e levar os perseguidores à justiça. Esses ataques duraram muito tempo.

Enquanto vemos a magnitude desses ataques e os anteriores, oramos para que Deus termine este movimento.

Ore para que a graça e misericórdia de Deus estejam trabalhando nesta tragédia.

Ore com os cristãos e líderes da igreja no Sahel, pois Deus opera através deles para trazer Seu conforto e força.

(Com CBN)

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo14 horas atrás

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil de R$ 400 até o final de 2022

O número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias

Brasil/Mundo1 dia atrás

Inscrições para cursos gratuitos do Google encerram nessa sexta (22/10)

As capacitações são na área de tecnologia e começam nesse ano

Brasil/Mundo2 dias atrás

Censura: Instagram retira ‘recurso de links’ de perfis conservadores

Internautas falam de perseguição política e tentativa de censura

Brasil/Mundo3 dias atrás

Lego anuncia brinquedos sem gênero para influenciar crianças “contra o preconceito”

Para a marca, acabar com o “estereótipos nocivos” vai ajudar as crianças a não serem preconceituosas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Por reclamarem de banheiro coletivo unissex, Joana Prado e Vitor Belford perdem patronício

A empresa foi pressionada por internautas para romper contrato com o casal; usuários da rede alegam de "transfobia"

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pesquisa aponta profissão de professor como a mais confiável entre a população

Foram ouvidos de 19 mil entrevistados com idades entre 16 e 74 anos em diferentes países

Brasil/Mundo3 dias atrás

Auxílio Emergencial pode ser prorrogado até 2023 com valor de R$ 250

Prorrogação deve ser feita devido a demora na aprovação do Auxílio Brasil no Congresso Nacional

Brasil/Mundo3 dias atrás

Psicóloga Marisa Lobo comenta sobre Round 6: “banaliza a perversidade”

A série tem recebido críticas em vários países do mundo

Publicidade