Conecte-se conosco

Tocantins

Amastha apresenta cinco novas propostas para o Plano Diretor

Publicado

em

Prefeito durante a coletiva a imprensa na tarde desta terça-feira, 21, no Gabinete II do Prefeito
Fotógrafo: Luciana Pires

A prefeitura de Palmas apresentou cinco grandes projetos para o Plano Diretor de Palmas, que aponta quais os desafios para o desenvolvimento do Município para os próximos 10 anos, são eles: o Parque Linear da Orla, o projeto de ocupação da região Sudoeste, construção da Esplanada Municipal na região Sudoeste, construção do Distrito Turístico na região Norte e a construção do Master Plan da região Sul.

Conforme o prefeito Carlos Amastha, nesta quarta-feira, 22, será finalizado o texto que será publicado e apresentado à sociedade. “Essa proposta será levada para debate e discussão com os palmenses para que então seja definido o Projeto de Lei que será levado à discussão e votação na Câmara dos Vereadores”, explicou o prefeito a informar que a quarta e última audiência pública de Revisão do Plano Diretor acontecerá no dia 9 de dezembro, a partir das 8 horas, no Auditório do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins.

Ainda segundo Amastha, a previsão de entrega do Projeto de Lei é para o dia 12 de dezembro. “Importante destacar que o que tiver que ser mudado será mudado e a participação popular é importante nesse processo. Portanto, todos estão convidados a levarem suas idéias nessa última audiência pública”, frizou o prefeito.

O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais (Sedurf), Ricardo Ayres, destacou que o Plano Diretor é de suma importância para traçar as ações a serem desenvolvidas em benefício de toda a população, previsto no Estatuto das Cidades para os municípios com mais de 20 mil habitantes, devendo ser revisto a cada 10 anos.

Os projetos e mais detalhes dos próximos passos da revisão do Plano Diretor foram apresentados em coletiva a imprensa na tarde desta terça-feira, 21, no Gabinete II do Prefeito, na Avenida LO-09, pelo prefeito Carlos Amastha, o secretário da Sedurf, Ricardo Ayres, pelo presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Impup), Ephim Shluger, o procurador-geral do Município, Públio Borges, o secretário municipal de Finanças, Christian Zini e pelo coordenador técnico do grupo de revisão do Plano Diretor, Iapurê Olsen.

Em sua fala, Amastha destacou que todos os projetos são viáveis. “Vamos atrair investimentos para que os olhos do mundo estejam voltados para Palmas”, disse o prefeito ao destacar o potencial logístico da cidade. “Com o Master Plan vamos desenvolver toda a região Sul da cidade com grandes investimentos para tornar o aeroporto e todo o entorno referência de distribuição de mercadorias e trânsito de pessoas”, salientou.

Boas práticas

 Também durante a coletiva, Amastha compartilhou a experiência e resultados obtidos em sua recente participação na Smart City Expo World Congress, evento que discutiu estratégias para construção de cidades inteligentes, em Barcelona, Espanha e também na feira internacional IAAPA Attractions Expo 2017, realizada em Orlando, nos Estados Unidos. “Palmas é um exemplo de cidade em busca de sua total sustentabilidade, não só com os projetos em execução, como o do uso da energia fotovoltaica, que foi bastante elogiada durante os eventos, bem como do que pretendemos desenvolver em breve”, detalhou o prefeito ao chamar a atenção para o fato de que Palmas estão à frente de grandes cidades pelo mundo no que diz respeito ao desenvolvimento aliado às práticas sustentáveis.

Outro ponto chave das discussões nesses eventos foi do potencial que a Capital tem como polo turístico, principalmente com a implantação de um distrito voltado para o entretenimento com a construção de grandes parques. “A ideia é implantar o distrito entre a Serra de Lajeado e o Lago de Palmas em uma extensão territorial de 10 milhões de m². Esse pólo contribuirá para o desenvolvimento de toda a região com a instalação de empreendimentos voltados para o turismo”, expõe.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo7 horas atrás

5 perguntas respondidas sobre a terceira dose das vacinas de Covid-19

A terceira dose já começou a ser aplicada no Brasil, idosos são os primeiros a receberem o reforço vacinal

Brasil/Mundo21 horas atrás

Workshop sobre meio ambiente e astronomia recebe inscrições até 22/09

GLOBE Brasil 2021 é realizado pela Agência Espacial Brasileira (AEB); confira como participar

Brasil/Mundo23 horas atrás

Ministério Zoe retorna aos lançamentos com a canção “Se dê mais uma chance”

A faixa chega nas plataformas nesta quarta-feira (22) em todas as plataformas digitais

Brasil/Mundo1 dia atrás

Caixa Econômica anuncia redução de juros para Crédito Imobiliário Poupança Caixa

Banco alcançou a marca de R$ 300 bilhões contratados na atual gestão e segue como o maior financiador da casa...

Brasil/Mundo1 dia atrás

“Big Mouth”: Grupo pró-família denuncia desenho da Netflix por abuso sexual infantil

Grupo pede que autoridades investiguem se o programa viola as leis contra pornografia infantil

Brasil/Mundo1 dia atrás

MG terá investimento de R$ 5,2 bilhões em projetos de energia solar e híbrida

Companhia alemã investirá o valor na construção de três usinas de energia limpa, sendo duas solares e uma de fonte...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Hábitos que surgiram na pandemia e podem gerar sofrimentos psíquicos como ansiedade e depressão

Psicóloga e professora da UniAvan dá dicas para identificar quando um hábito se torna uma síndrome, como tratar e como...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Instituto faz campanha para promover reconstrução facial gratuita para quem sofre com o rosto desfigurado

A parceria entre o Instituto Mais Identidade e a UNIP visa devolver a autoestima e a esperança dos pacientes

Brasil/Mundo5 dias atrás

Ministério da Saúde suspende vacinação contra Covid-19 em adolescentes sem comorbidades

Jovens de 12 a 17 anos que tomaram a primeira dose NÃO devem tomar a segunda dose

Brasil/Mundo5 dias atrás

Governo Federal propõe programa habitacional mais barato e mudanças no Casa Verde Amarela

Os usuários contemplados poderão ter descontos acima de R$ 30 mil no valor final do imóvel