Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Apoio a médicos cubanos pode ter adiado entrada da ANAJURE na ONU

Avatar

Publicado

em

Redação JM Notícia

Uziel Santana é presidente da ANAJURE | Foto: Arquivo Pessoal – Reprodução

A Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) não conseguiu autorização dos países participantes do Comitê da Organização das Nações Unidas (ONU) para ser reconhecido como uma ONG e ganhar status consultivo.

Na última quarta-feira (29) a sessão anual do Comitê chegou ao fim e, por conta de questionamentos dos países Cuba, Rússia e Nicarágua, que questionaram a entidade, sua aprovação poderá ser votada apenas em maio.

Dezenove nações devem autorizar a entrada da ANAJURE na ONU, para que isso aconteça é necessário convencer os representantes do trabalho humanitário e da atuação internacional da associação.

A entidade evangélica pode ter sido vítima de uma vingança, pois ter defendido os médicos cubanos que optaram ficar no Brasil após o rompimento do convênio entre os países no programa Mais Médico.

“Eles têm um dossiê sobre nosso trabalho de ajuda comunitária aos médicos, e isso incomoda. Nós consideramos os médicos cubanos que decidiram ficar no Brasil como refugiados, damos todo o apoio jurídico a eles, os auxiliamos em processos judiciais, atuamos pela revalidação de seus diplomas, para eles terem o direito de trabalhar no Brasil”, disse o presidente da ANAJURE, Uziel Santana.

Ainda segundo o jurista, Cuba se articulou com a Rússia e Nicarágua para que eles também fizessem questionamentos que protelassem a votação. A China também pediu esclarecimentos que foram devidamente apresentados e ela aprovou a entrada na ANAJURE.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo13 horas atrás

Prefeitura de Sobral (CE) muda faixas de pedestre nas cores da bandeira LGBT

O secretário do Trânsito e Transporte, Kaio Dutra, destacou que o projeto, além de tornar a cidade mais bonita, também...

Brasil/Mundo14 horas atrás

Em discurso na Cúpula do Clima, Bolsonaro garante reduzir emissões de carbono em 40% até 2030

Bolsonaro participou por videoconferência, do Palácio do Planalto, e foi o 20º líder a discursar.

Brasil/Mundo16 horas atrás

Estado Islâmico filma morte de cristão que financiou abertura de igreja no Egito

Grupo terrorista ameaçou manter todos os seguidores de Cristo daquele país

Brasil/Mundo16 horas atrás

Bolsonaro discursa na Cúpula do Clima juntamente com outros líderes mundiais

Bolsonaro faz parte de um grupo de 40 chefes de Estado e de governo, além de outras autoridades

Brasil/Mundo17 horas atrás

ABME lança Curso de Jornalismo Empresarial em plataforma EAD

Com mais de 300 alunos formados em suas edições presenciais, o Curso de Jornalismo Empresarial da ABME é uma excelente...

Brasil/Mundo18 horas atrás

Com câncer, prefeito de São Paulo piora e tem acúmulo de líquido no pulmão e abdômen

Foram descobertos novos focos de metástase em Bruno Covas, na região cárdia, no fígado e ossos

Brasil/Mundo19 horas atrás

Alexandre de Moraes anula decisão da Lava Jato RJ contra Michel Temer e Moreira Franco

Decisão segue o mesmo entendimento que fez as condenações do ex-presidente Lula serem anuladas

Brasil/Mundo2 dias atrás

Movimento Acorda Senado luta pela CPI da Covid e contra as decisões monocráticas do STF

Grupo pede um presidente isento para investigar a gestão da pandemia no país e faz outras reivindicações

Brasil/Mundo2 dias atrás

5 cuidados com a higiene bucal que a pandemia trouxe

Cuidando da saúde e fazendo isolamento social, usando máscara e álcool em gel é possível reduzir riscos de contágio

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsonaro veta projeto que poderia prolongar o tempo de espera para adoção de crianças

Projeto dificultaria a adoção de crianças por prolongar as tentativas de reintegra-las em suas próprias famílias

Publicidade