Conecte-se conosco

Tocantins

Após aumento de casos de Covid-19, Prefeitura de Araguaína estabelece toque de recolher

“Lamentavelmente grande parte da nossa população não tem cumprido com todas as obrigações e obediências aos decretos publicados”, afirmou o prefeito

Publicado

em

Nesta segunda-feira (24), a Prefeitura de Araguaína impôs novo decreto que estabelece toque de recolher para os moradores e limite de horário para o uso dos espaços públicos.

A medida se dá em razão do aumento de casos de Covid-19 e as várias festas clandestinas e aglomerações registradas na cidade.

Segundo a Prefeitura, no dia 17 de maio a cidade registrava 1.502 casos ativos. No dia 22 o número já estava em 1.828.

“Lamentavelmente grande parte da nossa população não tem cumprido com todas as obrigações e obediências aos decretos publicados”, afirmou o prefeito Wagner Rodrigues.

O novo decreto proíbe a circulação de pessoas nas ruas das 0 às 5h e o cidadão flagrado terá que justificar o motivo de estar na rua neste horário.

Também estão proibidos os bailes, festas, shows, formaturas, confraternizações, aniversários e casamentos, além da aglomeração acima de oito pessoas em propriedades privadas, urbanas e rurais.

Os bares, restaurantes, cinemas, academias, food trucks, trailers, açaiterias, pizzarias, sanduicheiria, adegas, conveniências e similares poderão funcionar das 6h às 22h, com tolerância máxima até as 23h. Os serviços drive-thru podem funcionar até 0h00 e delivery sem restrição de horário.

Pequenos eventos podem ser realizados, desde que recebam autorização dos órgãos de fiscalização e obedeçam as normas de segurança.

Nos bares e restaurantes a capacidade máxima permitida ao redor de cada mesa é de seis pessoas com distanciamento de 1,5m entre as mesas. Pessoas em pé é proibido.

Punições

As novas medidas de segurança também terão como público-alvo servidores municipais. A Secretaria da Administração e a Procuradoria irão publicar portaria com penalidades para servidores que forem flagrados descumprindo as medidas restritivas. “Neste momento de gravidade, não podemos admitir que nossos servidores, que veem todos os dias as nossas equipes de saúde se desdobrando para atender, possam não ser solidários com essa situação”, lembrou o prefeito.

No decreto, fica estabelecido a aplicação de uma multa para os estabelecimentos que desobedecerem as medidas de prevenção a pandemia passou de passou R$ 1.500 para R$ 5.000. Será multado o local que desobedecer ao horário de funcionamento (22h com tolerância máxima até 23h), o distanciamento de 1,5 metros, além do uso de máscara e álcool 70%.

Já para os moradores que descumprirem as medidas estabelecidas, o valor da multa varia de R$ 100 a R$ 1.000 e o cidadão responderá por crime contra a ordem e a saúde pública.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo12 horas atrás

Frente Evangélica emite nota de repúdio à decisão de Barroso sobre missionários em terra indígenas

Nota critica a decisão e chama ação de "ideologia anticristã"

Brasil/Mundo12 horas atrás

Comissão especial conclui votação da reforma administrativa

Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação

Brasil/Mundo15 horas atrás

Espanha: Partido Socialista quer prender grupos pró-vida que atuam na porta de clínicas de aborto

Clínicas abortistas pressionam o governo espanhol para tonar as ações pró-vida “um crime de obstrução ao direito ao aborto”

Brasil/Mundo20 horas atrás

Ministério da Saúde volta a recomendar vacinação de adolescentes sem comorbidades

A imunização deve ser feita somente com a vacina da Pfizer, a única autorizada no Brasil para esse público

Brasil/Mundo20 horas atrás

Barroso atende pedido do PT e proíbe entrada de missionários em terras indígenas

Decisão vale para novos grupos de missões que queiram entrar em aldeias isoladas durante a pandemia

Brasil/Mundo2 dias atrás

Demissão de diretor do Enem Digital não afetará candidatos, afirma Inep

Nova rodada de inscrições termina no próximo domingo (26)

Brasil/Mundo2 dias atrás

Saúde: Pandemia aumenta procura dos brasileiros por atividades físicas

Compras on-line de produtos esportivos foi uma das categorias que mais cresceu no início de 2021

Brasil/Mundo2 dias atrás

Vagas de emprego só para vacinados: Empresas começam a exigir comprovante de vacina para candidatos

A justificativa é que o profissional que não estiver vacinado pode colocar em risco a saúde de seus colegas

damares alves damares alves
Brasil/Mundo3 dias atrás

“Não é esquerda ou direita que vai transformar o Brasil, mas a igreja”, diz ministra Damares Alves

A ministra citou as leis em defesa da mulher e contra violência doméstica, mas cobrou posição das igrejas nessa luta

Brasil/Mundo3 dias atrás

MEC lança programa que incentiva a participação das famílias nas escolas

As secretarias de educação e escolas devem aderir ao programa para poderem receber os recursos financeiros