Conecte-se conosco

Política

Após repercussão, Prefeitura cancela contrato envolvendo Lorena Rosa, Campelo e Cristiano Rodrigues comentam

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Vereador Lúcio Campelo - Foto: Lourenço Bonifácio T1 Noticias

Lúcio Campelo autor dos questionamentos que resultaram no Distrato do Contrato- Foto: Lourenço Bonifácio T1 Noticias

Após forte repercussão negativa no meio gospel do Tocantins, envolvendo a Prefeitura de Palmas e a empresa J M A Souza-ME, para a contratação de cantores do evento Palmas Capital da Fé, o Diário Oficial do município publicou nesta quarta-feira (27), Extrato do Termo de Distrato do Contrato de prestação de serviço realizado entre a Agência Municipal de Turismo e a empresa. O valor total do contrato é de  R$ 310.799,33 (trezentos e dez mil setecentos e noventa e nove reais e trinta e três centavos,

Entenda:

A Prefeitura de Palmas tinha contratado a empresa para a realização de shows artísticos do Palmas Capital da Fé, que acontecerá no próximo mês, com várias atrações nacionais e regionais, coma a cantora Lorena  Rosa, Ministério Adoração e Vida, cantor Tony Allysson, Banda Rosa de Saron e a Cantora Cassiane. O evento acontecerá nos dias 06, 07 e 09 de fevereiro de 2016.

A empresa contratada é de um ex-servidor da Agência Municipal de Turismo, José Maciel Assis Souza e foi assinado pelo presidente da Agetur, Cristiano Queiroz Rodrigues.

O grande questionamento por parte do segmento evangélico, é que a empresa J M A Souza tinha contratado a cantora Lorena Rosa, esposa do empresário Maciel Souza, que ainda não possui CDs gravados e nem notoriedade no cenário Tocantinense. A contratação foi alvo de questionamento por parte do vereador Lúcio Campelo, na época da publicação do ato.

“Estou encaminhando ofício para secretaria de turismo, vamos analisar procedimentos e encaminhar para o Ministério Público investigar”, disse na ocasião, Lúcio Campelo ao portal Conexão Tocantins.

Em recente entrevista ao JM Notícia, o vereador Campelo lembrou que é a favor da realização do evento Palmas Capital da Fé, tanto para os católicos quanto aos evangélicos, no entanto, o procedimento tem que ser feito tudo dentro da legalidade.

 “Eu mesmo irei participar do evento, mas temos que ser exemplos. Os recursos públicos precisam ser investidos com lisura de forma que não mancham a própria imagem evangélica. Eu estou defendendo tanto o evangélico como o católico porque sou fiscal da sociedade, independente de questão religiosa, pontuou.

O secretário da Agência de Turismo do Município, em entrevista ao JM Notícia, afirmou que a contratação da empresa de um ex-servidor não há nenhuma ilegalidade.

“Não tem nenhuma ilegalidade na contratação, temos parecer da Procuradoria do Município, atestando a legalidade”, pontuou o presidente. Sobre o Distrato do Contrato, o presidente afirmou que foi uma decisão pessoal dele, e que a Prefeitura de Palmas, irá contratar diretamente os cantores.

“Queremos beneficiar empresários locais, até porque o Maciel trabalha com isso há muitos anos, ele é profissional da área”, destacou Cristiano Rodrigues.

“Queremos beneficiar empresários locais, até porque o Maciel trabalha com isso há muitos anos, ele é profissional da área”, destacou Cristiano Rodrigues. Foto: Divulgação

Vereador comenta

Em entrevista ao JM Notícia, na manhã desta quinta-feira (28), o vereador Lúcio Campelo, autor do questionamento da contratação da cantora Lorena Rosa, pela empresa J M A Souza, afirmou que se cancelou é porque há irregularidades.

“O cancelamento disso aqui significa que a Prefeitura reconheceu que estava fazendo errado, eu apenas cumpri o meu dever de fiscalizador do erário público, sou a favor do evento, vou participar, mas tudo tem que ser feito dentro da legalidade e da transparência”, pontuou o vereador ao JM Notícia.

Indicações de cantores

O presidente da Agência de Turismo lembrou que as indicações dos cantores para o evento, não foram da Agência Municipal, e sim de lideres evangélicos e católicos.

AGROTINS 2021

Últimas notícias

Brasil/Mundo1 dia atrás

Levantadora de pesos diz que a presença de atletas trans tornará o jogo olímpico “injusto”

Laurel Hubbard já competia nos campeonatos masculinos até que em 2013 se tornou mulher trans

Brasil/Mundo1 dia atrás

PM de Alagoas exonera subcomandante que defende Bolsonaro e ataca opositores nas redes sociais

Um dia após a exoneração, o militar publicou uma foto no Facebook e escreveu: "Entre o louco e o corrupto,...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Benjamin Netanyahu deixa o cargo de primeiro-ministro de Israel

Novo premiê foi eleito pelo parlamento israelense após acordos políticos

Brasil/Mundo1 dia atrás

Biden hasteia a bandeira LGBT na embaixada dos EUA no Vaticano e é criticado

Entre os críticos está o pastor Franklin Graham que entendeu a decisão como um desrespeito ao simbolismo religioso do Vaticano

Brasil/Mundo1 dia atrás

Mandato de Benjamin Netanyahu chega ao fim em Israel

É a primeira vez que o partido árabe Ra’am fará parte oficialmente do governo, que terá apoio de uma coalização...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Doria cumpre o que prometeu e multa Bolsonaro por andar sem máscara em ‘motociata’

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também foram multados

Brasil/Mundo4 dias atrás

Vídeo: Pastor Wellington Júnior recebe forte profecia de que irá enfrentar muitos levantes

"Agora esse é o momento meu filho, em que tu às de assumir muitas responsabilidade na minha obra", disse a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Liminar ordena a suspensão da Lei do Aborto na Argentina por inconstitucionalidade

Ação movida por um cidadão resultado na liminar assinada na cidade de Mar del Plata

Brasil/Mundo5 dias atrás

Câmara aprova urgência para projeto que institui federações de partidos políticos

Pelo projeto, após registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atuem como se fosse uma agremiação única

Brasil/Mundo5 dias atrás

Taxa de empreendedorismo no Brasil cai mais de 18% durante a pandemia

De acordo com o relatório da GEM 2020, o número de empreendedores iniciais motivados por necessidade saltou de 37,5% para...