Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Auxílio Emergencial: Após contestação, cerca de 150 mil pessoas ainda devem ser aprovadas para receber o benefício

Publicado

em

Todos os novos aprovados terão o direito às cinco parcelas regulares do benefício, no valor de R$ 600 / FOTO: Reprodução Internet

Mais 492 mil cadastros para o recebimento do auxílio emergencial passaram por reanálise, após contestação no aplicativo da Caixa ou via Defensoria Pública da União, e foram aprovados nesta semana, segundo o Ministério da Cidadania. Todos terão direito a cinco parcelas regulares do benefício, no valor de R$ 600. A estimativa é que outras 150 mil contestações que estão em análise também sejam aprovadas.

Estes trabalhadores informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microeempreendores individuais (MEIs) e inscritos no CadÚnico sem Bolsa Família perderam renda durante a pandemia e entrarão nos ciclos de pagamento da Caixa Econômica Federal, que já estão em andamento.

Leia+PF cumpre mandados de prisão e buscas contra fraudadores de contas digitais do Auxílio Emergencial

Segundo o governo, não haverá a criação de novos calendários para este público. Caso o número de cinco parcelas ultrapasse a data limite de dezembro, como é o caso dos 492 mil aprovados agora, estas pessoas receberão as duas últimas cotas no último mês do ano. Pela lei, todas os cidadãos elegíveis recebem as cinco parcelas do benefício com os valores originais (R$ 600, para a maioria, ou R$ 1.200, no caso das mães chefes de família).

Os trabalhadores nascidos em abril — que se inscreveram para receber o auxílio no aplicativo, no site ou pelos Correios — podem sacar ou transferir, a partir de hoje, mais uma parcela do benefício que foi depositado em suas contas poupanças sociais digitais no dia 9 de setembro. Até agora, a movimentação dos recursos somente podia ser feita pelo app Caixa Tem. Esses pagamentos ainda fazem parte do ciclo 2.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco está elaborando uma linha de mirocrédito para ser oferecida para os trabalhadores informais “descobertos” pelo auxílio emergencial. Mais informações sobre a linha de crédito serão divulgadas em breve.

FONTE: Jornal Extra

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo14 horas atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo15 horas atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo3 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte

Brasil/Mundo3 dias atrás

Número de mortes registradas por dependência alcoólica aumentou em 2020

Dados do Ministério da Saúde revelam que houve aumento em 18,4% dos registros de mortes comparado ao ano de 2019

Brasil/Mundo3 dias atrás

Argentina permite o gênero X em carteiras de identidade e passaportes

Medida visa incluir pessoas não binárias, isso é, que não se identificam como homens e nem como mulheres

Brasil/Mundo6 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo6 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo6 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto