Conecte-se conosco

Tocantins

BRT em Palmas: Contrato de acordo com famílias é assinado por cansaço

Publicado

em

BRT em Palmas: Contrato de acordo com famílias é assinado por cansaço

BRT em Palmas: Contrato de acordo com famílias é assinado por cansaço

Prefeitura fecha acordo com famílias impactadas por sistema viário de Palmas. Foto: Divulgação

Apesar do prefeito de Palmas, Carlos Amastha, classificar o acordo fechado com as oito famílias impactadas de “ótimo negócio”, não é o que a maioria delas acredita. Após três anos desde a primeira avaliação de suas residências, moradores da Quadra 125A, no Jardim Aureny III, afirmam ter aceitado o acordo por cansaço.

Screenshot (1)

Um dos moradores que assinou o acordo diz ter ficado doente durante negociações com a prefeitura.

O pintor autônomo Antônio Sebastião Alves da Costa, 49 anos, afirma que a casa que ele edificou no lote onde reside vale R$ 248 mil, de acordo com avaliação feita por técnico contratado por ele, ao passo que a Prefeitura está oferecendo lote em novo endereço mais R$ 127 mil pelas benfeitorias. “Eles solicitaram que fizéssemos uma contraproposta, mas não aceitaram. Só aceitei esse acordo porque a Prefeitura me venceu no cansaço. Toda vez que chegava em casa me dava desgosto, dor de cabeça e ficava inquieto e já tem três anos que fica esse empurra-empurra. Não estou satisfeito com o valor, estou pegando porque é o jeito”, declarou.

Carlos Amastha, no entanto, acredita que não existe vantagem por parte da Prefeitura nos acordos fechados. O prefeito pontua que os lotes que estão em negociação são exatamente do mesmo tamanho ou, em alguns casos, maior que o que estão para desocupação e que a localização favorecerá as famílias. “Todas essas famílias irão mudar muito perto de onde já estão, coisa de 300 a 400 metros”, informou. “As famílias que assinaram o acordo estão fazendo um ótimo negócio porque estão recebendo terrenos melhores que aqueles que tinham, em quadras urbanizadas, com lotes já demarcados e limpos. Estamos entregando quatro projetos diferentes de casa para escolha das famílias, estamos pagando arquitetos e engenheiros civis para acompanhar as construções e eles poderão tirar tudo o que quiser da casa atual e levar para a nova construção”, pontuou.

O prefeito garantiu que mesmo não conseguindo a liberação dos recursos federais ou do empréstimo feito junto à Caixa Econômica que estão bloqueadas pela Justiça, a Prefeitura irá arcar com toda a obra de expansão. “Temos muitas fontes de financiamento. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) está à disposição e entrou em contato quando souberam da ação, colocando recurso à disposição, mas isso é em ultimo caso”, garantiu.

“Vamos deixar que o Ministério do Planejamento, das Cidades, que a Caixa Econômica, os grandes técnicos e a Justiça, em Brasília, que entendem de BRT, tomem essa decisão. Insisto: acredito piamente que seremos vitoriosos e que vamos poder usar esse recurso. Caso contrário, obviamente partiremos para outro financiamento”, finalizou.

Com informações Jornal do Tocantins

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo3 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte