Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Canadá acusa de homofobia instituição que arrecadava brinquedos de menina e de menino

Avatar

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

A Associação Billy Graham pedia doações em escolas do Canadá e separava como brinquedos de meninas e meninos

O Canadá aderiu a ideologia de gênero e tem tomado medidas severas contra quem não é a favor dessa teoria de que gênero é inversão social. A mais nova repressão foi contra o ministério Bolsa do Samaritano que foi impedido de distribuir presentes de Natal. 

A instituição, ligada à Associação Evangelística Billy Graham, promove anualmente a “Operação Natal das Crianças”, recolhendo brinquedos e entregando para comunidades carentes em várias partes do mundo. 

As caixas são separadas por brinquedos de menina e menino, o que para o Canadá é “homofobia”, se tornando motivo para impedir que os brinquedos sejam coletados nas 259 escolas nos Distrito Escolar de Newfoundland e Labrador para serem entregue às crianças mais pobres de outros países. 

A justificativa das autoridades, segundo o Canadian Press, é que a ação é  “homofóbica” e “transfóbica”, por separar o que é de menino e o que é de menina, impedindo que crianças homossexuais ou transgêneros possam ganhar presentes segundo suas preferências. 

“Esta organização exige que seus voluntários e coordenadores assinem ‘declarações de fé’ que estão em conflito direto com nossa filosofia inclusiva, particularmente no que diz respeito à comunidade LGBT”, justificou o diretor de educação Tony Stack. 

Stack assegurou que o distrito já está envolvido com outras instituições de caridade que ajudam as crianças nos países em desenvolvimento, condenando a Associação Billy Graham por não apoiar o ativismo LGBT. 

Os voluntários do projeto Bolsa do Samaritano precisa se cadastrar e assinar um contrato declarando que concordam com a declaração de fé do ministério, termo este que defende o casamento heterossexual, o que gerou ainda mais revolta por parte dos professores que, provavelmente, foram quem denunciaram a ação social do ministério.  Com informações Canadian Press.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo15 horas atrás

Juiz cita ‘discriminação religiosa’ e nega pedido para afastar secretário responsável por Lei Rouanet

“É um claro ato de discriminação religiosa, como bem ressaltou o juiz Itagiba Catta Preta”, afirmou.

Brasil/Mundo16 horas atrás

Ex-secretário de Comunicação é acusado de mentir na CPI da Pandemia

Renan Calheiros chegou a pedir a prisão em flagrante de Wajngarten, que falava na condição de testemunha

Brasil/Mundo16 horas atrás

Prouni: estudantes têm até hoje (13) para entregar documentos e não perder a vaga

Documentação precisa ser apresentada à instituição de ensino a qual o candidato pretende estudar

Brasil/Mundo2 dias atrás

Presidente de Convenção dispara criticas contra pastor por ordenar mulheres ao pastorado

A igreja criticada por JD Greear é a igreja fundada pelo pastor Rick e Kay Warren

Brasil/Mundo2 dias atrás

Líderes negros denunciam racismo sistêmico na principal clínica de aborto dos EUA

Democratas e republicanos assinam o documento que mostra que mais negros são mortos pelo aborto, mesmo sendo minoria no país

Brasil/Mundo2 dias atrás

Hamas ataca Israel com mais de 1.000 foguetes e cria caos em várias cidades

Conflitos geraram várias mortes de israelenses e de palestinos e aumentam a tensão entre os países do Oriente Médio

Brasil/Mundo2 dias atrás

Em Curitiba, Marcha para Jesus acontecerá no próximo sábado (15) em formato de carreata

O grupo entregou ao prefeito a camiseta da marcha que neste ano tem como tema o versículo bíblico “Agora, pois,...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Sugestão Legislativa quer tornar crime ensino da ideologia de gênero nas escolas

Senadores devem discutir se a sugestão é constitucional

Brasil/Mundo3 dias atrás

Hamas lança foguetes contra Israel que revida

País respondeu com ataques aéreos em Gaza e há pelo menos 20 mortos entre os palestinos,

Brasil/Mundo3 dias atrás

Pastor diz que “igreja brasileira deixou de ser preparada para a perseguição”

Para o pastor Geremias Coutro, é necessário que a igreja volte a tratar do assunto com a máxima urgência.

Publicidade