Conecte-se conosco

Política

China proíbe cultos online mesmo durante pandemia, diz site

Publicado

em

China proíbe cultos online mesmo durante pandemia, diz site – Foto: Reprodução/EBC)

Matéria publicada pelo site guiame.com.br na quarta-feira (8/4), afirma que a China está proibindo a realização de cultos online, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Uma lei chinesa, editada pelo regime comunista em 2018, proíbe serviços de streaming“, alerta o site que aponta como fontes o Christian Headlines e Bitter Winter.

Confira abaixo a íntegra do texto publicado pelo Guiame

Igrejas de todo o mundo estão realizando cultos online durante a pandemia do COVID-19, mas essa ação permanece ilegal na China.

Segundo informou o Bitter Winter em 5 de abril, pouquíssimas organizações, e “apenas aquelas que possuem licenças emitidas pelo Estado“, podem transmitir serviços religiosos online na China.

china aviso
Um anúncio em vídeo em rede social da China avisa que as transmissões religiosas ao vivo estão restritas. (Foto: Reprodução/Bitter Winter)

Não podemos nos reunir por causa da pandemia“, disse o pastor de uma igreja subterrânea na província de Jiangxi ao Bitter Winter.

O pastor tentou transmitir um sermão em 9 de fevereiro através de um aplicativo, mas foi interrompido.

Nossa primeira e única reunião online foi bloqueada pelo governo logo após o início“, disse o pregador.

Nesse mesmo dia, outro pastor da igreja doméstica, na província de Shandong, também tentou transmitir serviços online.

A reunião foi interrompida menos de 20 minutos após o início“, relatou Bitter Winter.

Uma lei chinesa de 2018 proíbe serviços de streaming.

Saiba + Covid-19: Maioria das igrejas nos EUA planeja Páscoa digital

Saiba + Governo do Pará proíbe realização de cultos religiosos

Nenhuma organização ou indivíduo poderá transmitir ao vivo ou transmitir suas atividades religiosas, incluindo orar, cantar, ordenações, ler as escrituras, adorar ou receber batismo online na forma de texto, foto, áudio ou vídeo”, diz a lei comunista.

Fim das transmissões

Em 23 de fevereiro, os Dois Conselhos Cristãos Chineses da província de Shandong, aprovados pelo governo, emitiram um aviso “exigindo que todas as igrejas da província parassem de transmitir seus serviços imediatamente“, informou Bitter Winter.

Em 28 de fevereiro, o Departamento de Trabalho da Frente Unida do distrito de Nanhu, em Jiaxing, uma organização governamental na província de Zhejiang, disse que investigaria todas as atividades online de igrejas aprovadas pelo estado.

As igrejas na China devem se registrar no governo e participar do Movimento Patriótico dos Três Autos (Three Self) ou da Associação Católica Patriótica Chinesa. Mas como essas igrejas aprovadas pelo estado enfrentam severas restrições, milhões de cristãos adoram em igrejas clandestinas ilegais.

As atividades diárias dos cristãos também são monitoradas.

Membros de uma igreja de três pessoas na província de Henan receberam um aviso de seu pastor em janeiro exigindo que dissolvessem seus grupos no We Chat, um aplicativo de mídia social. Em fevereiro, um oficial da aldeia forçou um morador cristão a “mudar a foto do perfil da conta do We Chat” porque continha uma imagem de uma cruz, informou Bitter Winter.

As igrejas e seus membros são proibidos de dizer algo negativo sobre o governo ou de divulgar informações sobre a pandemia que não seja aprovada pelo governo.

O Departamento de Segurança Pública tem informações sobre todos os membros de todos os grupos do We Chat, e são realizadas inspeções na rede, especialmente rigorosas durante a pandemia“, disse um pastor de Três Eu de Shandong ao Bitter Winter.

A perseguição piorou durante a pandemia.

Encorajadas pelo governo, muitas fábricas e locais públicos foram reabertos, mas os locais religiosos ainda são barrados“, disse um crente da Three Self da província de Henan. “As reuniões religiosas são proibidas e todos os canais de comunicação religiosa e estão bloqueados.

Fonte: Guiame.com.br

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo4 horas atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo4 horas atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo7 horas atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo8 horas atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Brasil/Mundo8 horas atrás

Braga Netto desmente Estadão: “Desinformação que gera instabilidade”

Apesar da declaração do ministro da Defesa, o jornal mantém a reportagem no ar

Brasil/Mundo8 horas atrás

Bolsonaro assina projetos de lei em favor da família e contra o aborto

Em reunião com o Presidente da República Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (21), o Ministério da Mulher, da Família e dos...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Ministro da Defesa quebra o silêncio e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso

General Walter Braga Netto mandou recado para o presidente da Câmara, afirmando que as eleições de 2022 devem ser "auditáveis"...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Deputada Rosane Felix repudia desenho com ideologia de gênero e linguagem neutra da Netflix

"Ridley Jones – a Guardiã do Museu" tem um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais

Brasil/Mundo1 dia atrás

Redes sociais terão emojis de homens grávidos

Homens trans são mulheres biológicas que fizeram a mudança de gênero

Brasil/Mundo2 dias atrás

Prouni 2021: MEC divulga resultado da primeira chamada

Pré-selecionados precisam apresentar documentos para comprovar informações