Conecte-se conosco

Tocantins

Com 22 votos favoráveis, OAB-TO respalda abertura de impeachment de Dilma

Publicado

em

Em reunião na noite desta quinta-feira, 17 de abril, o Conselho Seccional da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) decidiu respaldar a OAB Nacional em processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, e na cobrança contra a violação das prerrogativas dos advogados de pessoas investigadas na operação Lava Jato.

A deliberação do Conselho Seccional do Tocantins sobre o impeachment, tomada pelo placar de 22 x 7, vai ser levada ao Conselho Federal da Ordem, que se reúne nesta sexta-feira, 18 de março.

 Mesa que comandou reunião do Conselho Seccional desta quinta-feira, 17 de março

Mesa que comandou reunião do Conselho Seccional desta quinta-feira, 17 de março  – Foto: José Neto (Maradona)

A sessão que decidiu pelo respaldo à OAB Nacional nessa questão foi democrática, com abertura de várias manifestações a favor e contra o processo de impedimento. “Vivemos um momento de decisão e atípico. Os conselheiros do Tocantins, legitimamente, decidiram apoiar o impeachment e essa posição que levo à OAB Nacional”, destacou o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi.

Prerrogativas

O Conselho Seccional da Ordem também decidiu condenar a violação de prerrogativas dos advogados no âmbito da operação lava Jato. Além disso, a Procuradoria de Prerrogativas da OAB-TO vai entrar em contato com a Procuradoria Nacional de Prerrogativas para apoiar em qualquer medida jurídica ou administrativa que a OAB Nacional possa tomar.

Nesta quinta-feira, 17, o presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, já havia avisado que a Ordem não vai tolerar violação de prerrogativas. “É inadmissível no Estado Democrático de Direito a violação das ligações telefônicas entre advogados e clientes”, afirmou Lamachia, em referência ao recente episódio de vazamentos da operação Lava Jato.

O presidente nacional destacou que a gravação de advogados e clientes, mesmo com autorização judicial, sem que os profissionais estejam sendo investigados, fere prerrogativa garantida pela Lei 8.906 de 1994 – o Estatuto da Advocacia.

“A Ordem quer combater a impunidade e a corrupção. Defendemos a celeridade processual e o levantamento de sigilo destes processos em nome de um princípio maior, que é o da informação, mas não podemos permitir que isso seja feito ferindo a Constituição Federal”, ressaltou Lamachia.

O presidente afirmou que a Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogativas está à disposição de todos os profissionais que tenham sido feridos em suas prerrogativas e atuará prontamente na garantia dos direitos da advocacia e da sociedade. Com informação Ascom OAB

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

Israel fará testes com vacina em pílulas contra Covid-19

A vacina Oravax é projetada para atingir três proteínas estruturais do vírus, em vez da proteína de pico único direcionada...

Brasil/Mundo2 dias atrás

Por não reconhecer Israel como país, judoca da Argélia se nega a lutar contra israelense

Para os islâmicos, enfrentar um atleta israelense é reconhecer o país e muitos se negam a fazê-lo

Brasil/Mundo3 dias atrás

Roberto Jefferson dispara contra embaixador da China no Brasil: “Pilantra que articula contra o governo”

No Twitter, Jefferson chamou o diplomata de “vagabundo que a China mandou para o Brasil”

finanças finanças
Brasil/Mundo3 dias atrás

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação "Limpa Nome" que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Brasil/Mundo3 dias atrás

Braga Netto desmente Estadão: “Desinformação que gera instabilidade”

Apesar da declaração do ministro da Defesa, o jornal mantém a reportagem no ar

Brasil/Mundo3 dias atrás

Bolsonaro assina projetos de lei em favor da família e contra o aborto

Em reunião com o Presidente da República Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (21), o Ministério da Mulher, da Família e dos...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Ministro da Defesa quebra o silêncio e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso

General Walter Braga Netto mandou recado para o presidente da Câmara, afirmando que as eleições de 2022 devem ser "auditáveis"...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Deputada Rosane Felix repudia desenho com ideologia de gênero e linguagem neutra da Netflix

"Ridley Jones – a Guardiã do Museu" tem um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais

Brasil/Mundo4 dias atrás

Redes sociais terão emojis de homens grávidos

Homens trans são mulheres biológicas que fizeram a mudança de gênero

Brasil/Mundo4 dias atrás

Prouni 2021: MEC divulga resultado da primeira chamada

Pré-selecionados precisam apresentar documentos para comprovar informações