Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Conservadores se manifestam contra campanha do Burger King

Campanha em homenagem ao mês do Orgulho LGBTQ+ escalou crianças para comentar sobre a união de pessoas do mesmo sexo

Publicado

em

A nova campanha publicitária do Burger King não agradou conservadores de todo o país que estão usando as redes sociais para se manifestarem contra a empresa.

O pastor Lucinho Barreto, da Igreja Batista da Lagoinha, encabeçou um boicote à rede de fast food. Várias personalidades apoiaram e fizeram seus comentários no Instagram do religioso.

“Não toque nas nossas crianças que nós boicotamos mesmo!!! Da um like se vc concorda”, disse Lucinho.

A cantora Eyshila, que tem um filho homossexual, também criticou a lanchonete. “Amar não é o mesmo que compactuar com a injustiça.
AMAR NÃO É SINÔNIMO DE APROVAÇÃO DE CONDUTA! O que estão fazendo com as crianças é injusto e cruel. Deixem nossos filhos e netos em paz! Burger King NÃO MAIS!”

O pastor Lucas Hayashi, da Zion Church de São Paulo, aproveitou a propaganda do Burger King para comentar outros assuntos como o relatório da UNICEF sobre pornografia para crianças a lei que autoriza o ensino de ideologia de gênero aprovada esta semana na Câmara de São Paulo.

“Cada vez a família e as crianças estão sofrendo ataques ideológicos políticos e mentais que agridem a liberdade das famílias em nosso país”, disse ele.

“Crianças não tem maturidade plena para compreender e exercer juízo crítico sobre tudo que aprendem. Se elas não podem aprender a dirigir carro, votar, e etc, porque elas devem aprender algo que é tão confuso, tão indefinido e que vai contra educação moral e religiosa da maioria das famílias brasileiras”, completou o pastor Hayashi.

A vereadora Priscila Costa, de Fortaleza (CE), questionou os pais sobre o assunto. “Uma lanchonete deve oferecer educação sexual aos seus filhos? Para cada adulto covarde que se cala, surge uma lanchonete nova para oferecer lixo às nossas crianças.”

A cantora Isadora Pompeo também não fugiu do debate: “Criança não tem que ser gay, lésbica, trans, etc. Criança não tem a ver com sexualidade. Criança tem que brincar! Correr e se sujar!!! Parem de sexualizar nossas crianças”.

 

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo2 dias atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo4 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo4 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo4 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo4 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo4 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo6 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo6 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte