Conecte-se conosco

Brasil/Mundo

Coreia do Norte continua a negar casos de COVID-19 no território

Publicado

em

Os soldados da Coreia do Norte estão mais alertas nas fronteiras e impedem que cristãos consigam fugir do país comunista

Até 2 de julho, 503.862 pessoas morreram em decorrência da COVID-19 em todo mundo, confirmou a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os países mais afetados pela pandemia foram Estados Unidos, Brasil e Índia. Mas quando o assunto é ausência de casos, a Coreia do Norte sai na frente e o ditador Kim Jong-un atribui o “sucesso” às medidas implementadas como fechamento da fronteira, isolamento social e mudança nos hábitos de higiene.   

Nunca foi tão difícil deixar o país número 1 na Lista Mundial da Perseguição 2020. Segundo o Ministério de Unificação da Coreia do Sul, apenas 12 refugiados chegaram em Seul entre abril a junho de 2020. No mesmo período do ano passado, 320 norte-coreanos conseguiram fugir para a coreia democrática. “O número de desertores norte-coreanos que entraram na Coréia do Sul durante o segundo trimestre deste ano foi o mais baixo de todos os tempos”, explicou um porta-voz do órgão.

As restrições nas fronteiras têm dificultado as viagens entre os países vizinhos e complementa a medida de prevenção da doença, que obrigou 25.551 norte-coreanos a ficaram isolados no território comunista. Há suspeitas de que Kim Jong-um estava em quarentena durante o tempo que esteve desaparecido no início do ano. As informações do site de notícias Daily NK, dirigido por refugiados norte-coreanos, foram contra os dados estatais ao confirmar as mortes de 180 soldados e de 11 prisioneiros no campo concentração de Chongori. Todas as vítimas apresentavam sintomas semelhantes da COVID-19.

Medidas e ajuda internacional contra o coronavírus

As escolas e universidades norte-coreanas estavam fechadas até junho, e agora a população foi obrigada a usar máscaras em locais públicos, manter um distanciamento social e evitar aglomerações. Nos shopping centers, restaurantes e hotéis, os clientes podem desinfetar as mãos e quando chega algum bem ou suprimento médico pela fronteira, só após 10 dias de quarentena que ele está autorizado a entrar no país.

Neste período de pandemia, a Coreia do Norte prometeu cooperar com a OMS e por isso recebeu equipamentos de proteção individual e suprimentos médicos. O fato revela que o governo comunista entende que precisa de ajuda internacional para enfrentar a crise mundial. A China e Dubai também estão colaborando para que os norte-coreanos tenham mínimas condições para enfrentar a COVID-19.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Últimas notícias

Brasil/Mundo4 horas atrás

Tempestade de areia assusta moradores do interior de São Paulo

A tempestade de poeira chegou a municípios também de Minas Gerais próximos do estado paulista.

Brasil/Mundo4 horas atrás

Reações da vacina contra a Covid-19 faz tenista francês desistir da temporada: “Me arrependi de ter tomado”

Aos 34 anos, ficar afastado dos treinos e jogos pode fazer com que ele se aposente mais cedo do que...

Brasil/Mundo5 horas atrás

Bolsonaro e Michelle testam negativo para Covid-19

O presidente não está vacinado e a primeira-dama se vacinou durante viagem aos EUA

Brasil/Mundo5 horas atrás

Jotta A volta a chocar seguidores ao postar foto seminu

O cantor deixou o mercado gospel e tem recebido muitas críticas na sua primeira música secular

Brasil/Mundo7 horas atrás

Entidades de Direito Religioso comentam decisão de Barroso que impede a entrada de missionários em tribos indígenas isoladas

Na semana passada, o ministro Barroso aceitou parcialmente ao pedido feito pelo PT contra os missionários em tribos indígenas

Brasil/Mundo3 dias atrás

Frente Evangélica emite nota de repúdio à decisão de Barroso sobre missionários em terra indígenas

Nota critica a decisão e chama ação de "ideologia anticristã"

Brasil/Mundo3 dias atrás

Comissão especial conclui votação da reforma administrativa

Proposta seguirá para análise no Plenário da Câmara; para ser aprovada, são necessários dois turnos de votação

Brasil/Mundo3 dias atrás

Espanha: Partido Socialista quer prender grupos pró-vida que atuam na porta de clínicas de aborto

Clínicas abortistas pressionam o governo espanhol para tonar as ações pró-vida “um crime de obstrução ao direito ao aborto”

Brasil/Mundo3 dias atrás

Ministério da Saúde volta a recomendar vacinação de adolescentes sem comorbidades

A imunização deve ser feita somente com a vacina da Pfizer, a única autorizada no Brasil para esse público

Brasil/Mundo3 dias atrás

Barroso atende pedido do PT e proíbe entrada de missionários em terras indígenas

Decisão vale para novos grupos de missões que queiram entrar em aldeias isoladas durante a pandemia