Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Cristãos devem possuir armas para autodefesa? Pastores comentam

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Nos Estados Unidos há lei que garante a posse e o porte de armas

Um cristão pode defender a posse de arma para autodefesa? O assunto nunca foi tão debatido no Brasil, mas não há estudos teológicos conhecidos sobre o tema.

Nos Estados Unidos, porém, onde a posse e o porte são liberados, encontramos vários estudos relacionados e um deles apresenta os prós e os contras.

Na linha dos contrários ao armamento está John Piper, um dos principais teólogos da atualidade que escreveu um artigo muito famoso sobre o assunto declarando que não, o cristão não deve andar armado para sua autodefesa.

Em parte do texto, Piper responde que um cristão não poderia atirar contra quem agredisse sua esposa, por exemplo, e ele usa bases bíblicas para justificar a sua decisão. Mateus 7:12 e Lucas 6:31. (Leia o texto completo aqui)

Daniel Passini, autor do artigo em defesa do uso de armas por cristãos, diz porém que 1 Timóteo 5: 8 se refere não apenas a prover alimento e abrigo para os membros da família, mas também a proteção.

“Uma arma é uma ferramenta poderosa. Não há dúvidas sobre isso. Então, com o grande poder, vem uma responsabilidade ainda maior. Ou, como Jesus colocou, você recebeu muito [poder], muito será requerido de você [responsabilidade]”, disse ele. (Leia aqui o artigo em inglês)

O teólogo americano lembra que, nos Estados Unidos cada estado tem sua própria lei de armas e que o cidadão deve respeitá-las, assim como ter a responsabilidade de armazená-la com segurança, e ter o devido treinamento para utilizá-la.

No Brasil só que se manifestou favorável ao porte de armas foi o reverendo Augustus Nicodemus, porém ele diz que apenas andaria armado se morasse nos Estados Unidos onde já há uma lei e uma cultura sobre o assunto.

O vídeo tem sido bastante compartilhado nas redes sociais, pois uma das propostas do candidato Jair Bolsonaro (PSL) é revogar o Estatuto do Desarmamento para que os cidadãos possam voltar a ter posse de arma. Nicodemus não demonstrou nenhum tipo de apoio à proposta, nem ao candidato à Presidência.

Assista:

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Brasil/Mundo1 dia atrás

ANAJURE defende liberdade do colégio batista notificado por vídeo contra a ideologia de gênero

"O vídeo em questão, ainda que expresse discordância quanto às teorias de gênero, não estimula qualquer conduta discriminatória", diz a...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Livro infantil enfrenta a ideologia de gênero: “Elefantes não são pássaros”

"O livro é uma repreensão absoluta à aceitação da transexualidade e ao número crescente de jovens que se identificam como...

Brasil/Mundo1 dia atrás

Cursos profissionalizantes são aliados na busca pelo emprego

Evento on-line e gratuito vai debater a educação profissionalizante

Brasil/Mundo2 dias atrás

Pandemia afetou o comportamento de responsáveis por crianças de até três anos em famílias de classe D

Isolamento e crise financeira trouxeram efeitos perversos da desigualdade nas classes mais baixas

Brasil/Mundo2 dias atrás

Bolsa Família pode ter reajuste de 50% ou mais, diz ministro

Valores passarão a ser pagos a partir de novembro

Brasil/Mundo2 dias atrás

“O povo vai reagir em 2022 se não tivermos uma eleição democrática”, diz Bolsonaro

O presidente tem defendido a aprovação do projeto de lei pelo voto impresso auditável

Brasil/Mundo3 dias atrás

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da Lei Geral de Proteção de Dados também deve frear a oferta de crédito a...

Brasil/Mundo3 dias atrás

Brasil ultrapassa marca de 60% da população vacinada com primeira dose contra Covid-19

São mais de 96 milhões de pessoas, das 160 milhões com mais de 18 anos, que receberam a primeira dose...

Brasil/Mundo5 dias atrás

Olimpíadas de Tóquio têm medalhas feitas por designer japonês

Junichi Kawanishi foi o vencedor de um concurso com 400 participantes

Brasil/Mundo5 dias atrás

Entidades e mais de 50 juristas assinam carta em defesa da indicação de André Mendonça ao STF

Texto mostra que um jurista evangélico também pode assumir uma cadeira na Suprema Corte