Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Deputado do Paraná pode perder mandato por ‘fake news’; caso é julgado no TSE nesta terça

Durante live no Facebook no dia das eleições de 2018 Francischini afirmou que as urnas estavam fraudadas

Publicado

em

Neste terça-feira (19), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar o caso do deputado estadual Fernando Francischini (PSL-PR) acusado de divulgar notícias falsas sobre as urnas eletrônicas em 2018.

Essa é a primeira vez que o TSE julgará um caso como este e isso pode criar jurisprudência sobre as consequências da propagação de fake news com interferência no processo eleitoral.

Durante live no Facebook no dia da eleição de 2018, Francischini falou sobre as denúncias de eleitores que estavam tentando votar em Jair Bolsonaro e não estavam conseguindo. Ele argumentou que as urnas estavam fraudadas. A live teve 6 milhões de visualizações.

Francichini foi eleito a deputado estadual em 2018 com mais de 400 mil votos, se tornando o deputado mais votado do Paraná naquele ano.

PUBLICIDADE